<
Produtores de banana se reúnem em workshop no Norte de Minas | MINAS HOJE MINAS HOJE

Últimas Notícias

Produtores de banana se reúnem em workshop no Norte de Minas

15, Novembro 2016 | Por Redação

Uma iniciativa de produtores do Norte de Minas promete levar ao campo novas técnicas e pesquisas relacionadas à produção de banana. A Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas (Abanorte), em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), promove em Janaúba (MG) o Workshop sobre Bananicultura no Norte de Minas. O evento acontece na próxima quarta-feira (16/11/2016), e vai discutir sobre a produção da fruta na região.

É a primeira vez que uma proposta de debate sobre a banana vai acontecer na região. O evento é voltado para produtores, associados e técnicos da cadeia produtiva da banana. Além das entidades organizadoras, instituições de pesquisa da região, como Emater, IMA, universidades públicas também devem participar. Cerca de 40 representantes da fruticultura da região já confirmaram presença.

De acordo com o presidente da Abanorte, Saulo Lage, o grande objetivo é aproximar as pesquisas desenvolvidas na área da fruticultura dos produtores e, sobretudo, das plantações. “A Embrapa é hoje a maior entidade nacional de apoio à fruticultura, dividida por áreas. Fiz um pedido para que a entidade se aproximasse mais da nossa região. Muitas vezes, no Brasil, a pesquisa fica afastada da vivência. Nosso objetivo maior com o workshop é de aliar a teoria à pratica”, explica.

Segundo dados da Abanorte, o Norte de Minas é o maior polo de produção de banana prata do país. As discussões durante o evento vão apresentar desafios da bananicultura na região, e como o espaço da região dialoga com o Brasil.

O workshop será dividido em dois momentos; pela manhã, uma oficina de prospecção de demandas voltada para os representantes das entidades de pesquisa e técnicos da região. Depois, será a vez dos produtores apresentarem um retrospecto da bananicultura no Norte de Minas, através de uma mesa redonda, que vai tratar das demandas da bananicultura, incluindo preço, doenças, plantio.

Saulo Lage acredita que através de um planejamento estratégico, a produção da banana pode crescer ainda mais. “Na região, temos mais de 20 mil hectares de banana. Os pesquisadores vão apresentar o que têm e vamos promover um debate, onde os produtores vão poder levantar as demandas sobre as produções. Vamos sintonizar os pesquisadores com a realidade de nossa região e sintonizar os produtores com a pesquisa da Embrapa. Traçar um plano de ação para desenvolver o trabalho pode ser um caminho”, afirma.

Para mais informações sobre o workshop, o telefone da Abanorte é (38) 3821-2936. O site da entidade (www.abanorte.com.br) também disponibiliza mais detalhes sobre o evento.

Abanorte

Mais de 2000 produtores estão cadastrados na Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas (Abanorte). São 23 anos de existência voltados para assuntos relacionados às plantações de diversas frutas do Norte de Minas. A entidade começou vinculada à bananicultura, mas foi expandida e realiza um trabalho voltado a dezenas de culturas.

O trabalho é realizado através de parcerias com entidades públicas e privadas, buscando integrar atuações com os parceiros de outros sindicatos e cooperativas. A Abanorte tem sede em Janaúba e atua sem fins lucrativos. O objetivo é congregar os produtores de frutas “in natura”, associações, cooperativas, sindicatos e outras instituições representativas da categoria para promover o desenvolvimento socioeconômico desse setor agrícola.

Para o presidente, Saulo Lage, eventos de integração entre os fruticultores são importantes para que haja um diálogo e coesão entre eles. “O objetivo da Abanorte enquanto entidade é afinar o diálogo, afinar os instrumentos da orquestra e unir a atuação. Temos muitos músicos competentes que tem tocado separados, queremos que todo mundo toque a mesma musica para que todos possam chegar ao fim da partitura”, conclui.

 

banana_nm
Produtores de banana vão discutir sobre desafios e oportunidades (Foto: Divulgação/Abanorte)

 

(Fonte: G1 Grande Minas)

Dê seu comentário sobre o assunto

Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CLOSE
CLOSE