<
Rodovias de Minas Gerais registram 27 mortes no período de Natal | MINAS HOJE MINAS HOJE

Últimas Notícias

Rodovias de Minas Gerais registram 27 mortes no período de Natal

26, Dezembro 2016 | Por Redação

As estradas mineiras foram palcos de tragédias na saída para o Natal. Dados das polícias rodoviárias Federal e Estadual mostram que 27 pessoas perderam a vida nas rodovias que cortam o Estado. Cada uma das corporações fez operações em dias diferentes. A PRF fez o balanço do período entre 19 e 25 de dezembro nas vias federais. Nelas, 18 óbitos foram registrados. Já a PMRv, fez o levantamento de 23 a 25 e totalizou nove mortos. O acidente mais grave foi registrado na BR-135, em Corinto, na Região Central, onde dois veículos bateram de frente e seis pessoas perderam a vida.

O balanço parcial de fim de ano foi divulgado no início da tarde desta segunda-feira (26/12/2016) pelas duas corporações. De acordo com a PRF, o número de mortos nas rodovias federais tiveram redução de 33% em relação a 2015. No ano passado, a operação foi realizada entre 21 e 27 de dezembro e terminou com 27 mortos.

Mesmo assim, em 2016 as rodovias federais tiveram tragédias. Na última sexta-feira, uma batida de frente entre uma van e um carro no Km 584, em Corinto, matou seis pessoas, além de deixar 11 feridos. A rodovia ficou totalmente interditada por mais de duas horas, resultando em um congestionamento com mais de cinco quilômetros.

O acidente envolveu o Gol placa HAO 1203, de Ribeirão das Neves, e o minibus Renault placa MPQ 8426, de São Paulo. O carro seguia no sentido Belo Horizonte/Montes Claros e a van no sentido oposto. Com a violência da batida, o Gol foi arremessado para fora da rodovia, enquanto o Renault tombou para a direita. No carro viajavam cinco pessoas que tiveram morte imediata. Na van morreu um dos ocupantes. De acordo com a PRF, as vítimas do carro seguiam para Mirabela, Norte de Minas, onde passariam o Natal com a família. Duas crianças estão entre os mortos.

A violência também tomou conta das rodovias estaduais. Em apenas três dias de operação da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), nove pessoas morreram, uma média de três a cada 24 horas. Segundo a corporação, foram registrados 169 acidentes que deixaram mais 205 ocupantes feridos.

Um dos acidentes mais graves nas estradas estaduais foi na MG-410, próximo a Presidente Olegário, na Região Noroeste de Minas Gerais. Dois carros bateram no km 44 da rodovia. Com o impacto, um dos automóveis foi arremessado para uma plantação às margens da pista. Duas mulheres e um homem morreram na hora. A batida envolveu um CRV e um Fiesta. Testemunhas contaram que o segundo veículo invadiu a contramão de direção, porém, as causas ainda são apuradas pela polícia.

As principais causas dos acidentes, segundo a Diretoria de Meio Ambiente e Trânsito (DMAT), da Polícia Militar, foram a falta de atenção ao volante, a velocidade incompatível, e a direção de pessoas embriagadas ou alcoolizadas.

Fiscalização

De acordo com a PMRv, foram realizados 1.122 testes de etilômetro (bafômetro) entre sexta-feira e domingo. Na ação, 27 pessoas foram presas por embriaguez ao volante. Todos foram flagrados com teor alcoólico acima de 0,33 miligrama de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. No período, foram fiscalizados 22.674 veículos, sendo removidos 217. Foram recolhidas 99 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e 277 motoristas inabilitados foram detidos.

 

acidente_mirabela
Van e carro bateram na BR-135, em Corinto (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

 

(Fonte: Estado de Minas)

Dê seu comentário sobre o assunto

Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CLOSE
CLOSE