Com frota sucateada, prefeitura faz ‘exposição’ de veículos em MG

0

Uma exposição nada comum. Neste domingo (8), a população de Santana da Vargem (MG) foi surpreendida com um monte de carros velhos no meio da praça do Centro da cidade. Os veículos pertencem à frota da Prefeitura Municipal, que decidiu expor à população os carros, vans e ônibus que precisam de manutenção urgente. Segundo a Secretaria de Obras, a "exposição" é para justificar a impossibilidade de atender a população nos serviços que dependem da frota.

No total, foram expostos 15 carros, dos quais apenas dois estão funcionando. São carros, caminhões, vans e máquinas agrícolas com problemas como lataria amassada e falta de freio. Um dos carros estava sem câmbio e até sem motor. “Não foram reformados, não tomaram as providências que tinha que tomar. A frota está sucateada, infelizmente”, comenta o advogado Joel Teodoro da Silva.

A ideia de expor a situação da frota foi da própria prefeitura. Segundo o secretário de Obras, Odair José Bento, essa foi a forma encontrada pelo Executivo de justificar para a população o porquê da demora e dificuldade na prestação de alguns serviços.

frota_santana
Prefeitura expôs veículos 'sucateados' em praça de Santana da Vargem (Foto: Reprodução/EPTV)

“Está precário. A gente está vendo os carros aí e a gente não tem condições de atender a população da forma que precisa. E mostrar também para a população a forma que a gente está pegando [os veículos] para administrar, que a gente vai ter dificuldade no começo”, afirmou.

A Educação e a Saúde são as mais afetadas, segundo o secretário.  “A gente tem a hemodiálise, que a gente faz em Varginha (MG), temos muitas consultas em Belo Horizonte (MG), muitas em São Paulo, e hoje não dispõe de carros suficiente pra isso. Esse serviço a gente não vai parar, a gente vai licitar, ver a melhor forma de fazer e vamos terceirizar, num primeiro momento”, explica.

Bento assumiu a secretaria recentemente e diz que pelo menos 60% dos carros estão comprometidos por algum problema. “Pra gente voltar essa frota ao normal, é aproximadamente meio milhão [de reais] que você gasta, de R$ 300 mil a R$ 500 mil pra esses carros rodarem”, completa.

O ex-prefeito de Santana da Vargem, Vitor Donizetti Siqueira (PT), disse que a atual gestão só colocou os veículos danificados na praça e que eles não estão mais em uso. Inclusive, ônibus que foram leiloados e vendidos teriam sido expostos. O ex-prefeito disse ainda que a parte nova da frota da prefeitura não foi mostrada.

O candidato a prefeito que venceu as eleições no ano passado no município, Argemiro Galvão (PDT), ainda não pode assumir a administração por pendências apontadas pela Justiça Eleitoral. Quem assumiu o município foi o vereador Renato Teodoro (PDT), que tinha sido escolhido pra ser o presidente da Câmara Municipal.

Para a população, o mais importante agora é resolver o problema. “Isso não é patrimônio de partidos, de político não, é patrimônio nosso, é do município. E com que dinheiro? O nosso dinheiro, o dinheiro dos impostos que nós pagamos. Então é obrigação da administração a conservação de todo bem público”, afirma a aposentada Umbelina Maria de Mesquita.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui