Funcionários da Prefeitura de Montes Claros fazem protestos para cobrar salários de dezembro

0

Servidores municipais protestaram nesta segunda-feira (9/1/2017) na sede da prefeitura de Montes Claros, no Norte de Minas. Em dois atos, um no período da manhã e outro no fim da tarde, os servidores cobraram da administração o pagamento dos salários referentes ao mês de dezembro.

Com cartazes e gritos de “queremos salário”, eles alegam que o município tem a verba do Fundeb, o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, que foi depositada e pode ser usada para quitar os débitos com os servidores. “Queremos saber o que foi feito com a verba do Fundeb. Sabemos que é uma verba mensal, mas a administração atual diz que a verba não foi depositada e a administração passada diz que deixou a verba em caixa. Somos mães e pais de família que temos contas e precisamos arcar com nossos compromissos”, cobra a professora Michelle Lourdes de Oliveira.

O grupo pedia que o prefeito recebesse representantes para conversarem sobre os pagamentos, mas eles não foram atendidos. O prefeito Humberto Souto (PPS) afirmou que servidores efetivos devem receber os pagamentos ainda nesta semana.

“Verificamos as contas da prefeitura e com alguns recursos que estão chegando vimos que temos a possibilidade de atender os efetivos. As folhas já estão sendo feitas e logo que se resolva a burocracia esse pagamento será efetivado o mais urgente possível”, explica o prefeito.

Souto explicou ainda que para efetuar os pagamentos dos servidores contratados ainda será necessário esperar análises feitas em contas dos convênios. “Muitos destes contratados são por convênios na área da saúde, da ação social, da educação e assim por diante. Muitos destes recursos estão atrasados e não chegam com regularidade. Pelo que levantamos, temos a impressão que vai dar para pagar os contratados com estes recursos que estão chegando na prefeitura”.

protesto_moc-600x330

Servidores queriam se reunir com o prefeito Humberto Souto (Foto: Natália Jael/Inter TV)

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui