Homem é preso após agredir a namorada, a ex e a mãe dela em Uberlândia

0

preso3-1
Alvo de diversos boletins de ocorrência por violência doméstica registrados em apenas um ano, um rapaz de 25 anos acabou preso nesta quinta-feira (5) pela Polícia Civil (PC) de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O suspeito teria agredido a ex-companheira, com quem tem uma filha, uma namorada e, ainda, tentado atropelar sua ex-sogra. 

A delegada Juliana Santos Machado, da Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher, explica que o suspeito, que tem várias passagens pela polícia, é muito agressivo. "Ele tinha certeza de que nada iria acontecer com ele, da impunidade. Apesar de ter descumprido medidas protetivas, ele não acreditava que seria preso", contou.

Somente nesta delegacia são dois inquéritos abertos contra o suspeito, sendo que há ainda uma outra investigação correndo em Araguari, na mesma região, onde ele teria ameaçado uma das mulheres. "Mesmo com as investigações em andamento ele continuava ameaçando as vítimas e até chegou a tentar atropelar a mãe de uma delas. Com isso a única opção foi pedir a prisão preventiva", completou Juliana. 

As agressões contra as ex-companheiras aconteceram em diversos momentos de 2016. "Temos ocorrências em fevereiro, abril, agosto, setembro", lembra. O histórico de prisões do suspeito é amplo. Além dos casos de agressão à mulheres, ele já foi preso por explosão de caixa eletrônico, porte ilegal de arma de fogo, desacato e ameaça. A primeira ocorrência contra o jovem por violência doméstica foi registrada ainda em 2011, ainda de acordo com a delegada. 

A prisão

O mandado de prisão foi cumprido na tarde desta quinta-feira na casa do suspeito, no bairro Planalto. Quando a polícia chegou na residência, o homem percebeu que seria preso e tentou fugir pulando o muro.

"Acontece que ao cair do outro lado ele fraturou o pé e precisou ser levado para o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). Até onde sei ele continua internado sob escolta policial", explicou a delegada Juliana.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui