Alvo de operação em BH, mulher de Queiroz tem pedido de habeas corpus na Justiça

0
Márcia Oliveira e o marido Fabrício Queiroz, que foi preso no dia 18 de junho

A defesa de Márcia Oliveira de Aguiar, mulher do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, entrou com pedido de habeas corpus contra a prisão dela no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, informa a CNN Brasil. 

Há um mandado de prisão aberto contra Márcia Aguiar desde a última quinta-feira, 18. Ela é considerada foragida. Na manhã desta terça-feira, 23, policiais militares de Minas Gerais realizam buscas em quatro endereços ligados a parentes de Queiroz no bairro São Bernardo, em Belo Horizonte. O ex-assessor viveu na capital mineira até os 18 anos. Entre os endereços está a casa da madrinha de Fabrício Queiroz, Dona Penha, que faleceu neste mês.

Márcia Aguiar teve a prisão decretada com base nas investigações sobre o esquema de “rachadinha” que acontecia no gabinete do então deputado estadual e hoje senador, Flávio Bolsonaro, segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). O marido dela, Fabrício Queiroz, foi preso preventivamente na quinta-feira, 18, em Atibaia, no interior de São Paulo. De acordo com o MP-RJ, ele estava atrapalhando as investigações sobre o caso.

De acordo com o advogado Paulo Emílio Catta Preta, o habeas corpus de Márcia Aguiar não significa que ela pretende se entregar.

“Uma coisa não implica em outra”, disse à CNN Brasil, ressaltando que só terá uma posição definitiva após conseguir falar com sua cliente.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui