Após aumento dos casos em MG da Covid-19, pontos turísticos na Serra do Cipó não serão reabertos

0
Pontos turísticos da Serra do Cipó seguem fechados — Foto: Reprodução / TV Globo

Uma nova fase da flexibilização em Santana do Riacho, Região Central de Minas Gerais, onde fica a Serra do Cipó, estava prevista para começar na quinta-feira. Mas a prefeitura decidiu suspender o retorno das atividades.

A prefeitura alegou que suspendeu a flexibilização por causa do aumento de casos e óbitos na região, do aumento da ocupação de leitos nos municípios que são referência para cidade. E, também, por causa da do problema de abastecimento de anestésicos e relaxantes musculares para pacientes internados.

Na terceira fase, estava prevista a liberação das áreas de camping e dos atrativos turísticos da Serra do Cipó, de bares, restaurantes, lanchonetes e hospedagens localizados fora da Serra e dos operadores e guias de turismo. De acordo com a prefeitura de Santana do Riacho, os estabelecimentos que foram autorizados a reabrir nas fases anteriores podem continuar funcionando. Informou, ainda, que a cidade não tem casos confirmados de Covid-19.

Pousadas abertas

No dia 10 de junho, a prefeitura de Santana do Riacho autorizou a abertura das pousadas e restaurantes na cidade, com algumas restrições. Foi a segunda etapa da flexibilização no município. Nesta quinta-feira (25) seria mais uma etapa, na qual os pontos turísticos e a Lapinha da Serra poderiam voltar a funcionar, mas foi suspensa.

Estátua do Seu Juquinha: famoso cartão postal do local — Foto: Reprodução / TV Globo

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui