Homem é flagrado com mais de 30 pássaros da fauna silvestre mantidos em cativeiro em Araxá

0

Um homem de 45 anos foi flagrado nesta terça-feira (23) com mais de 30 pássaros da fauna silvestres mantidos em cativeiro em Araxá. O autor declarou que tinha licença e autorização para ter os bichos, mas a polícia informou que o documento estava vencido há aproximadamente cinco anos.

Conforme o Boletim de Ocorrência (BO), a Polícia Civil realizava uma operação de repressão ao tráfico quando se deparou com grande quantidade de aves da fauna silvestre mantidas em cativeiro e acionou a Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA).

Quando a equipe ambiental chegou ao local encontrou 38 animais, sendo das espécies coleirinha, canário da terra, pintassilgo, azulão, sabiá laranjeira e trinca de ferro.

Versão do autor

O homem declarou que as aves eram dele e que tinha licença do órgão ambiental competente para ter os animais em cativeiro. Mas os policias de meio ambiente informaram que o documento estava vencido cerca de cinco anos. Ainda, o autor não teria apresentado a licença no ato da fiscalização.

De acordo com a PMMA, três aves que estavam com anilhas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ficaram com o homem. As outras 35 aves foram levadas pelos policiais. Elas foram avaliadas por um médico veterinário que atestou a boa condição dos pássaros e aptos a serem soltos na natureza.

Trinta gaiolas foram apreendidas para serem destruídas. O autor assinou o auto de infração. Segundo a polícia ambiental, o homem não foi preso em flagrante porque ele assumiu o compromisso de comparecer ao juizado especial criminal.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui