Homem que esquartejou avó e pai é solto na zona leste de São Paulo

0
Imagem do crime cometido contra o pai, em 2016

Um homem preso por matar e esquartejar o pai e a avó recebeu liberdade condicional após quatro anos encarcerado. Anderson Pereira de Lima estava internado em um complexo psiquiátrico em Andradina, no interior de São Paulo, desde o último delito em 2016. Ele foi solto na terça-feira (16).

O homem de 40 anos foi preso inicialmente em 2004 após matar sua avó com golpes de faca e esquartejá-la, na Vila Ré, zona leste de São Paulo. Solto em 2016, ele cometeu o mesmo crime contra o pai. Câmeras de monitoramento de uma residência registraram o momento em que Anderson carregou o corpo esquartejado de seu pai em um carrinho de supermercados.

Anderson foi solto após cumprir 2/3 da pena em um hospital psiquiátrico. Segundo o juiz Jamil Nakad Junior, ele era réu primário além de apresentar bom comportamento enquanto encarcerado. Anderson foi solto apesar de o juiz afirmar que “não há indicação segura de que não vá cometer novos delitos”.

A decisão assustou moradores e familiares de Anderson, que foram pegos de surpresa. Desde que ganhou as ruas, Anderson teria sido visto circulando pelo bairro onde cometeu o crime pedindo dinheiro e abrigo, o que tem deixado moradores em pânico.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui