Idosos são isolados em asilo após sete testarem positivo para a Covid-19 em Campos Gerais, MG

0

Sete idosos que testaram positivo para o novo coronavírus em um asilo de Campos Gerais (MG) estão isolados e seguem sendo acompanhados por autoridades de saúde. Além deles, dois dos 25 funcionários do asilo também testaram positivo.

Segundo o asilo Vila Vicentina, sete dos 49 internos foram infectados. Os pacientes são assintomáticos e seguem na unidade sendo acompanhados com todos os cuidados e protocolos recomendados pela Secretaria de Saúde.

As famílias de todos eles já foram avisadas das contaminações. Um dos funcionários que também testou positivo já estava afastado desde antes da confirmação da doença.

Segundo a Vila Vicentina, foi feito um pedido à Secretaria de Saúde de Campos Gerais para que fossem feitos testes em todos os moradores e funcionários, mas segundo o asilo, o pedido não foi atendido.

Os testes que detectaram as novas contaminações foram feitos pelo asilo com o dinheiro que era para ser usado para o pagamento de fornecedores. Outros mais deverão ser feitos para monitorar a circulação do vírus. Agora a instituição pede a ajuda da população para arrecadar dinheiro.

Idosos são isolados em asilo após sete testarem positivo para a Covid-19 em Campos Gerais — Foto: Reprodução EPTV

A Secretaria de Saúde negou que tenha se recusado em algum momento a fazer os testes e que o órgão segue os protocolos.

“Os nossos testes que são os testes que o SUS oferece, então os testes que eu trabalho são os testes que vêm do Ministério da Saúde, o ministério repassa para o Estado e o Estado repassa para o município, são os testes de IGG (testes rápidos). Então pra gente coletar esses testes a gente tem um protocolo, então ele é coletado no oitavo dia de sintoma, então esse teste é mais epidemiológico. O que eu sempre frisei, o que o comitê frisou com o pessoal da vila, o teste não é usado para diagnóstico, o teste é para nortear as ações”, disse a secretária de Saúde, Fernanda Ferreira.

A secretária explicou ainda que os testes do tipo PCR só são utilizados em pacientes hospitalizados.

“Também temos protocolo, o nosso teste de PCR, que é o swab, ele só é coletado quando o paciente está internado, hospitalizado e apresenta sinais e sintomas. Com todo um sistema que a gente tem que preencher e que ele tem que ter aqueles sinais característicos, clínicos, pra gente poder encaminhar”, explicou a secretária.

Campos Gerais saltou de 10 para 33 casos de Covid-19 desde a última sexta-feira (19). Depois disso, a prefeitura emitiu um decreto para os próximos 10 dias permitindo apenas o funcionamento de serviços essenciais no município.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui