Neto que agrediu idosa de 90 anos em Betim é solto em audiência de custódia

0

Foi solto, nesta segunda-feira (29), em uma audiência de custódia, um homem de 43 anos preso em flagrante pela Polícia Civil de Minas Gerais, na última sexta-feira (26), depois agredir e ameaçar de morte a próprio avó, uma idosa de 90 anos, e a sobrinha dele, de 19 anos. O caso ocorreu na residência em que as vítimas e o agressor moram, no bairro Nova Baden, em Betim, na região metropolitana.

De acordo com o delegado Felipe Fonseca, que responde pelo Serviço de Inteligência da Delegacia Regional Betim, as vítimas contaram que o suspeito chegou em casa extremamente alterado, possivelmente por causa do uso excessivo de drogas, e que teria agredido a ameaçado a idosa e a neta.

“Felizmente, elas conseguiram fugir e foram direto até a Polícia Civil. Ao chegar no endereço, o suspeito foi flagrado pelos policiais bastante alterado e ameaçando outras pessoas da família. Ele resistiu a prisão e teve que ser contido. Com o homem, os investigadores encontraram 18 pinos vazios de cocaína. Ele foi preso e indiciado por lesão corporal domiciliar e ameaça, mas, nesta segunda, teve o alvará de soltura expedido”, contou o delegado.

Reincidente

No dia do flagrante, as vítimas contaram aos policiais que o suspeito fazia uso constante de entorpecentes e de bebida alcoólica. Idosa e neta revelaram ainda que aquela não havia sido a primeira vez que o homem agrediu e ameaçou as vítimas.

“Recentemente, o suspeito teria ameaçado atear fogo na casa com a idosa e a neta dentro. Felizmente, no dia do crime, a senhora não precisou de cuidados médicos, mas ela ficou muito abalada e fez questão gravar um vídeo agradecendo os policiais. A família contou que está sofrendo muito. Nesta segunda, inclusive, recebemos uma ligação de um familiar contando que, depois de ter sido solto, o suspeito tentou entrar na residência novamente, mas foi impedido por um parente”, revelou Fonseca.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui