Pesquisa da UFU aponta que cidades do Triângulo e Alto Paranaíba importaram mais e exportaram menos

0
Soja foi um dos principais produtos exportados nos primeiros quatro meses do ano — Foto: Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP/Divulgação

O Boletim do Comércio Exterior da Região Intermediária de Uberlândia, feito pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-Sociais da Universidade Federal de Uberlândia (Cepes/UFU), divulgou o balanço dos quatro primeiros meses de 2020 das importações e exportações em 24 cidades da região. Houve queda na exportação e aumento da importação.

Os municípios foram divididos em três regionais: Uberlândia, Ituiutaba e Monte Carmelo (veja todos abaixo). Os três grupos foram considerados como parte da Região Intermediária de Uberlândia.

Menos exportação

No primeiro quadrimestre de 2020, a pesquisa registrou o montante de US$ 449,12 milhões em produtos exportados, cerca de US$ 36 milhões a menos que o mesmo período de 2019, que foi de US$ 485,16 milhões. A queda em percentuais gira por volta de 7,5%.

Conforme o boletim, o valor também é inferior ao ano retrasado, mas por pouca diferença. Em 2018, o montante negociado foi de US$ 449,79 milhões.

Ainda segundo o balanço, soja, carne bovina congelada e o farelo de soja foram os principais produtos exportados nos quatro primeiros meses de 2020. Os principais compradores são vinculados à China (55%), Rússia (8,5%) e Chile (4%).

Uberlândia

A pesquisa reforça que, das 61 empresas exportadoras da região, 41 tem sede em Uberlândia, cidade mais atingida pela pandemia da Covid-19 na região.

Importação

De acordo com o Cepes/UFU, a Região Intermediária de Uberlândia registrou US$ 81,56 milhões em importações no quadrimestre. O valor representa um incremento de 40,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2019, os produtos adquiridos diretamente de empresas do exterior alcançou o valor de US$ 57,9 milhões.

Os produtos mais importados foram arroz, fertilizantes azotados e carne bovina fresca. No total, 90 empresas da região fizeram transações de importação, destas, 77 estão sediadas em Uberlândia.

Os dados organizados pelo Cepes foram disponibilizados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex). Para consultar detalhes contábeis, gráficos e tabelas técnicas.

Regionais

  • Uberlândia: Araguari, Araporã, Campina Verde, Canápolis, Cascalho Rico, Centralina, Indianópolis, Monte Alegre de Minas, Prata, Tupaciguara e Uberlândia.
  • Ituiutaba: Cachoeira Dourada, Capinópolis, Gurinhatã, Ipiaçu, Ituiutaba e Santa Vitória
  • Monte Carmelo: Abadia dos Dourados, Douradoquara, Estrela do Sul, Grupiara, Iraí de Minas, Monte Carmelo e Romaria.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui