Atleta bate recorde de Bolt, mas marca é invalidada por correr menor distância

0
Lyles chegou a postar mensagem no seu Twiiter após receber a informação de que sua marca não havia sido validada

O que poderia ser a quebra do recorde do jamaicano Usain Bolt nos 200m livres logo se mostrou ser um erro no local onde a largada do possível novo detentor da marca havia acontecido.

Nesta quinta-feira, a etapa suíça da Liga Diamante reuniu 30 atletas, três por prova, em diferentes cidades do mundo. Nos 200m livres, se alinharam  velocista americano Noah Lyles, na Flórida, além de concorrentes na Holanda e Suíça. 

Após a linha de chegada, o narrador da prova se mostrou muito surpreso e garantiu que alguma coisa havia saído errado quando viu o tempo de 18s90, superando a marca de 19s19 de Bolt em 2009. 

Foi somente após o final da prova que chegou a informação de que Lyles havia largada no lugar errado, 15m pra frente do que seria o correto. O velocista não escondeu a decepção em sua conta no Twitter.  “Vocês não podem brincar com minhas emoções assim. Me colocar na pista errada?”, indagou. 

O vencedor da prova acabou sendo o francês medalhista olímpico Christophe Lemaitre, que em 20s65. A segunda colocação foi do holandês Churandy Martina, com 20s81.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui