Após volta de bares, Contagem registra aglomeração em estabelecimentos

0
Estabelecimento foi alvo de fiscalização no bairro Cabral, em Contagem, e pode perder o alvará caso a situação se repita

Desde a última sexta-feira (7), bares e restaurantes voltaram a receber os clientes em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, após quatro meses fechados. E mesmo com a pandemia do coronavírus e o decreto que estabelece uma série de protocolos nos locais, como a permanência máxima de uma hora de cada cliente e o distanciamento entre as mesas, já foram registradas aglomerações nos locais.

Em um vídeo enviado por uma leitura do jornal O TEMPO, dezenas de pessoas foram flagradas dentro de um bar no bairro Cabral.

https://www.instagram.com/p/CDsGOR_gmVn/?utm_source=ig_embed

O proprietário do estabelecimento, que não quis se identificar, admitiu que a situação fugiu do controle e faltou colaboração do público que resolveu comparecer em peso ao estabelecimento.

“A gente tenta controlar, mas foge do controle. Vou estudar um meio para evitar que isso ocorra novamente. Teremos que usar grades e seguranças para inibir a entrada em excesso das pessoas”, contou. Conforme o empresário, o estabelecimento segue as normas, com distanciamento entre as mesas e até a disponibilização do álcool em gel em um totem na entrada. Além disso, todos os funcionários usam a máscara e a entrada só em permitida se a pessoa tiver o equipamento de proteção.

“Só estou tentando me manter no mercado, a situação está muito difícil”, desabafou. Ele lembra ainda que falta conscientização das pessoas sobre as medidas de prevenção.

A Guarda Municipal de Contagem informou que foi recebida uma denúncia e os agentes foram até o local para fazer uma fiscalização. Segundo o comandante da corporação, Levy Sampaio, o proprietário do estabelecimento foi advertido e orientado sobre o descumprimento da norma. “Em caso de reincidência, ele terá o alvará suspenso”, acrescentou.

O último balanço epidemiológico aponta que a cidade da Grande BH já registrou 3.867 casos da doença – o segundo maior índice da região – e 191 óbitos pela Covid-19.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui