Michelle Bolsonaro tem supostos dados vazados por grupo de hackers

0
Publicação do Anonymous Brazil

O grupo de hackers Anonymous Brazil divulgou no Twitter, no início da madrugada desta quarta-feira (26), dados que supostamente seriam da primeira-dama Michelle Bolsonaro. Entre as informações vazadas estão e-mails, telefones, números de cartões de crédito, endereços e dados da mulher do presidente junto aos serviços de proteção de crédito.

Caso se confirmem que os dados são de Michelle, ela não seria a primeira vítima do grupo. No início de junho, os Anonymous já haviam exposto supostos dados pessoais de filhos do presidente, de ministros e do próprio Jair Bolsonaro.

Quem também teve dados expostos pelo grupo foi a extremista Sara Giromini. Ela teve seus cartões de crédito divulgados em retaliação após expor o local onde a menina capixaba de 10 anos que foi estuprada pelo tio iria realizar a interrupção da gravidez.

O grupo Anonymous é um coletivo de hackers que atacam sites e, por vezes, divulga arquivos e dados na internet. O Planalto, até o momento, não se manifestou sobre a postagem. 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui