Minas registra mais de 100 mortes por Covid-19 pelo 3º dia seguido

0

Os números de novos registros diários de mortes provocadas pelo coronavírus seguem altos em Minas Gerais e ficam superiores a 100 pelo terceiro dia consecutivo. Dados do boletim da Secretaria de Estado de Saúde divulgado na manhã desta quinta-feira (6) apontam que 109 óbitos foram confirmados nas última 24 horas. Já em relação aos novos casos da doença, o índice no período chegou a 3.167.

Desde março, já foram confirmados 142.828 casos da Covid-19 em 818 municípios mineiros – quase 96% das 853 cidades. Já em relação aos óbitos, foram 3.304 vítimas em metade das localidades do Estado. A taxa de letalidade é de 2,1%, conforme a pasta. A média de idade da população que morreu por conta da doença é de 70 anos.

Ainda segundo o balanço, 73% dos óbitos ocorreram em pessoas que apresentavam alguma comorbidade, como cardiopatia (1.538), diabetes (1.085), pneumopatia (319) e doença renal (291). Em relação aos casos, a faixa etária com mais casos é de 30 a 39 anos, com média de idade de 43 anos. A maioria não informou se estava no grupo de risco.

Ao todo, 15.519 pessoas precisaram ser internadas em Minas Gerais por complicações provocadas pela Covid-19. Outras 127.309 ficaram em isolamento domiciliar por 14 dias. Pelo menos 1.586 testes para detectar a doença ainda aguardam a divulgação dos resultados. Ao todo, o governo estadual realizou 80.494 exames.

Síndrome respiratória

O balanço revelou ainda que o número de hospitalizações por síndrome respiratória aguda grave, que inclui outras doenças como gripes e pneumonias, teve um aumento de 1.242% neste ano em Minas Gerais, na comparação com o mesmo período de 2019. Na última semana epidemiológica, foram 1.052 pacientes internados.

Cidades com mais casos

Das 818 cidades com casos registrados, 22 já registraram mais de mil confirmações da doença. E a capital mineira segue com o maior número de registros (22.055 casos e 621 óbitos); seguida por Uberlândia, no Triângulo Mineiro (13.029 casos e 251 mortes); e Ipatinga, no Vale do Aço (5.808 casos e 97 óbitos).

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui