Nova gasolina terá custo maior, mas consumo deve ser menor

0

A partir de agora, toda gasolina produzida ou importada pelo Brasil terá que seguir um novo padrão, que vai aumentar a qualidade do combustível e deixar o carro cerca de 5% mais econômico, segundo estimativas da Petrobras. Com as novas especificações de destilação, densidade e octanagem, o preço final deve subir.

“A Petrobras informou que deve ter uma pequena alteração no preço, em torno de 2% a 3%, então a gente acredita que o custo vai ficar equivalente à economia que o consumidor vai ter com esse novo combustível”, afirma o presidente do sindicato dos postos (Minaspetro), Carlos Guimarães. 

Se as estimativas da Petrobras se confirmarem, um carro popular que faz 14 km por litro passaria a fazer 14,7 km por litro. Considerando-se o atual preço médio da gasolina em Belo Horizonte, R$ 4,22, um aumento de 3% elevaria o custo para R$ 4,34. Cruzando os dados, o motorista, que hoje gasta R$ 0,30 para rodar cada quilômetro, passaria a gastar R$ 0,29, ou seja, praticamente o mesmo valor.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui