Com recorde de candidatos, eleição em Santa Luzia promete ser inflamada

0
Foto: Prefeitura de Santa Luzia/ Divulgação

A cidade de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte pode ter recorde de candidatos à prefeitura neste ano. Ao todo 11 pré-candidatos foram lançados pelos partidos, sendo que até o momento apenas três oficializaram a candidatura junto à Justiça Eleitoral.

Nos últimos 20 anos, o maior número de postulantes na disputa pelo executivo municipal da cidade foi registrado em 2004, quando sete candidatos concorreram ao pleito que teve como vencedor o postulante do então PFL, José Raimundo Delgado que está de volta para a disputa em 2020, agora pelo PV. 

Desde 2018, o cenário político da cidade vive inflamado. Junto com a campanha deste ano, o atual prefeito Christiano Xavier (PSD), que tenta a reeleição, também vai enfrentar o segundo pedido de impeachment  instaurado contra ele na Câmara Municipal de Santa Luzia. Uma comissão processante foi instalada no Legislativo após a casa receber um documento com 28 denúncias contra o chefe do executivo municipal, que foram protocolizadas na Câmara por um ex-vereador. 

Xavier usou as redes sociais neste mês para falar sobre o assunto e classificou as denúncias como “sem pé nem cabeça” e disse que está sendo vítima de uma “circo político”. As apurações da comissão processante devem durar até meados de dezembro. O primeiro pedido de impedimento contra o mandato de Xavier foi arquivado no final do ano passado.

O atual prefeito assumiu o cargo em 2018 quando venceu as eleições suplementares de Santa Luzia, após sua antecessora, Roseli Pimentel (PSB) que venceu o pleito de 2016, renunciar ao cargo no mesmo ano. A ex-chefe do executivo municipal é suspeita de ser a mandante do assassinato de um jornalista da região e ainda aguarda para ir a júri popular. 

Cenário da disputa pela prefeitura de Santa Luzia

Na corrida eleitoral deste ano, Christiano Xavier (PSD) vai ter como vice na chapa o Pastor Sérgio (PSD). Os dois vão caminhar ao lado de outros sete partidos: Pros, Solidariedade, PP, Avante, PL, PSC e PSDB que compõem a coligação “Santa Luzia Segue em Frente”. 

Outros dois postulantes já oficializaram as candidaturas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O fisioterapeuta Cléber Rodrigues (Psol) que vai seguir no pleito em chapa pura ao lado do vice, o comerciante  Wesley Costa (PSOL), além do advogado Abraão Gracco (PSD) que segue na disputa tendo a professora Kate Souto (Rede) como vice. Os dois integram a coligação “Transporte para o Futuro” que é composta por PSD, Rede, PSB, PMN,PDT e MDB.

Abraão Graco também é autor das denúncias que resultaram na abertura do primeiro processo de impeachment contra o atual prefeito, em 2018, mas que acabaram sendo arquivadas na Câmara Municipal no ano seguinte.

Mais oito postulantes ainda devem oficializar a participação na disputa pela Prefeitura de Santa Luzia até o próximo dia 26 de setembro, data limite para os registros. Denilson Martins (Republicanos) que vai contar com o apoio do Podemos e do PMB na coligação “Santa Luzia de Volta aos Trilhos”. Hetore Roberto Viana (PSL) que caminhará junto com o Patriota na coligação “Coragem pra Mudar”. Além do ex-prefeito da cidade José Raimundo Delgado (PV) que terá o DEM na chapa “Santa Luzia Pode Mais!”. 

Outros cinco nomes já sinalizaram que devem concorrer em chapas puras na disputa: Conceição Nunes (PT), Valdivino Soares Ferreira (PTB), Rodrigo Felipe de Azevedo (DC), Alcindor Ribeiro Damasceno (PRTB) e César Augusto Lara (PCdoB).

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui