Dupla que ‘tocava o terror’ no Alto do Boa Vista é executada a tiros em Betim

0

Dois jovens que estariam cometendo uma série de crimes na região do bairro Alto do Boa Vista, em Betim, na região metropolitana, foram executados a tiros, na tarde desta segunda-feira (28), em uma residência que seria usada por eles como ponto de venda de drogas.

O suspeito do duplo homicídio, um rapaz de 22 anos, supostamente encomendado por traficantes do Citrolândia, bairro da cidade, foi preso horas depois dos assassinatos. Segundo a Polícia Militar, ele confessou o crime.

As vítimas, Rafael Júnior da Silva Santos, de 25 anos, e Warley Rodrigues Figueiredo, de 20 anos, tinham passagens por tráfico e porte ilegal de arma de fogo. Eles também seriam conhecidos pela polícia por envolvimento no mundo do crime. 

“Depois de chegarmos à residência em que as vítimas estavam e encontrarmos os corpos no quintal, uma testemunha contou que viu o autor correndo, logo após o duplo homicídio, com uma arma de fogo na mão. Também recebemos denúncias através do 190 informando que ele seria o autor do crime”, contou o tenente Evandro Lisboa, do Grupo Especializado de Policiamento em Áreas de Risco (Gepar) Citrolândia.

Logos após as denúncias, os militares fizeram cercos policiais e acabaram encontrando o principal suspeito na casa em que ele mora, no bairro Colônia Santa Isabel. “Ele confessou o duplo homicídio e disse que as vítimas estavam matando, roubando e torturando pessoas de bem da região e que, por isso, foram mortas. Acreditamos que o crime ocorreu a mando de traficantes da região. Já o parente de uma das vítimas afirmou que ele morreu porque cobrou uma dívida de droga de um traficante”, disse o tenente.

Os homens foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Betim. Já o suspeito foi levado para a Delegacia Regional de Betim.  

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui