Ex-galã de ‘Carrossel’, Gustavo Wabner diz que Não tive medo de perder trabalho por se gay: ” Já tive medo de perder a vida “

0
Gustavo Wabner diz que temeu ser morto por ser gay

Via Uol

Gustavo Wabner, que viveu o professor René, par romântico da protagonista Helena (Rosanne Mulholland), em “Carrossel”, diz que acha engraçado ouvir que “saiu do armário” em 2018, uma vez que nunca escondeu o fato de ser gay. Ele afirma que nunca teve medo de perder papéis por causa da orientação sexual, mas já temeu pela própria vida.

“Nunca tive medo de perder trabalho, mas já tive medo de perder a vida. E olha que eu sou um ‘gay branco, padrão de classe média’. O preconceito existe, isso é evidente”, disse o ator, em entrevista ao site Gay.blog.br. 

Gustavo Wabner, o professor René de Carrossel

Ele afirma, no entanto, que já sofreu tentativa de boicote na televisão por homossexual. “Uma vez enviaram uma foto minha acompanhado em uma boate gay para o departamento de elenco da emissora em que eu trabalhava. Era algo do tipo ‘como ele vai interpretar o galã se é gay?’. Dei risada e segui tocando meu trabalho.

Ele afirma que achou engraçado quando, em 2018, parte da mídia apontou sua “saída do armário” em razão de fotos publicadas por ele com o marido, o diretor de teatro Sérgio Módena.

“Não dá pra sair de onde nunca se esteve (risos). Para mim, ser gay é tão natural. Não passei por aquele momento de “descobrir” que eu era gay. Desde muito pequeno, já tinha consciência disso e minha família é sensacional. Cresci em um ambiente com muita liberdade e carinho, de uma forma geral. Sempre me senti protegido e tenho muito orgulho de ser gay”, afirmou.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui