Mãe queima mão de filho de 12 anos por suspeita de que ele tenha furtado celular

0

Uma mãe, de 27 anos, queimou as mãos de seu filho, de 12 anos, por suspeitas de que o menino havia furtado um celular em Lubango, província angolada da Huíla.

O anúncio foi feito por autoridades locais nessa segunda-feira (21), conforme publicado pela agência de notícias do país Angop. Anônima, a denúncia foi feita por membros da família. 

Segundo o porta-voz em exercício do Comando Provincial da Polícia Nacional da Huíla, Fernando Tongo, a agressão ocorreu no último domingo (20).

A mulher está presa e, a criança, foi levada ao Hospital Central de Lubango para receber assistência médica. 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui