‘Só ameaçavam que eu ia morrer’, diz jovem agredido por policiais militares em Três Corações, MG

0

O jovem de 19 anos, que foi agredido por policiais militares durante uma ocorrência em Três Corações (MG), falou pela primeira vez sobre o caso em entrevista à EPTV, afiliada Rede Globo, nesta sexta-feira (11). Ele contou como foi a ação dos militares, que repercutiu após um vídeo ser divulgado nas redes sociais.

“Eu estava indo na Nova Três Corações fazer uma entrega. Chegando lá havia um tiroteio e no momento que havia o tiroteio eu fiquei com medo e voltei para sair do bairro, porque eu fiquei com medo e nisso os policiais quando me viram, eles enfiaram o carro em cima de mim e no momento eu fui pro chão e a todo momento em que eu estava no chão eu fui agredido, fui algemado, fiquei sentado lá e mesmo assim, algemado, continuei sendo agredido. Tentando conversar com os policiais, mas eles só ameaçavam, se eu não pagasse a viatura eu ia morrer, essas coisas”, disse o jovem, que não quer ser identificado.

O jovem disse ainda que voltou a ser ameaçado pelos policiais após o vídeo repercutir na internet.

“Agora eu estou com medo, porque depois da abordagem, o vídeo repercutiu muito e os policiais viram na internet e vieram falar comigo, dizendo que era pra eu pensar bem no que eu ia falar, se eu queria levar esse caso pra frente e que se alguém me procurasse não era eu, não foi aqui em Três Corações, isso que eles me disseram”, disse à EPTV.

No vídeo o rapaz está sentado no chão e um dos policiais dá tapas na cabeça dele. Em seguida, o jovem é empurrado ao chão e fica deitado.

Imagens mostram policiais militares agredindo jovem em Três Corações (MG) — Foto: Reprodução/EPTV

O boletim de ocorrência diz que a polícia realizava uma operação por conta de denúncias de disparos de arma de fogo no bairro Nova Três Corações. No documento está escrito que a equipe deu ordem de parada ao motociclista que não obedeceu.

Durante a fuga, a moto teria derrapado e batido contra a viatura policial. O policial prendeu o autor que portava um cigarro parecido com maconha. O jovem alegou que fugiu porque estava com medo de ter a moto apreendida e assumiu fumar maconha. Ele foi preso pelo crime de direção perigosa e por posse de substância entorpecente.

O advogado do adolescente registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de Três Corações e disse que vai procurar o Ministério Público. Ele disse ainda que o cliente não estava com drogas e que ele sofreu uma pequena fratura no punho esquerdo durante a abordagem.

A Polícia Militar de Três Corações informou que já foi instaurado inquérito policial militar para elucidar os fatos e, posteriormente, envio à Justiça Militar.

A assessoria de comunicação disse por telefone que os policiais foram afastados das atividades operacionais e que a Polícia Militar não compactua com nenhum tipo de violência e que, por isso, todas as providências já foram tomadas.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui