Cabo Xavier propõe licença-maternidade de um ano para servidoras

0

Candidato à Prefeitura de Belo Horizonte pelo PMB, Cabo Xavier disse que uma de suas propostas de governo para as mulheres é ampliar a licença-maternidade as servidoras municipais para um ano e acrescentar mais 15 dias à licença dos homens.

Na manhã desta segunda-feira (13), Xavier participou do Café com Política, da rádio Super 91,7 FM. Questionado sobre o fato de um homem encabeçar a chapa no Partido da Mulher Brasileira e por qual motivo a vice, Paula Maia (PMB), ter tido pouco destaque até o momento na campanha, o postulante a prefeito de BH pontuou que isso ocorreu porque o trabalho estava em fase de estruturação ainda. 

“É um fato curioso e um tanto preconceituoso, que a gente quer desmistificar, a gente quer quebrar essa percepção justamente de que tem que ter uma sociedade fragmentada e temos que lutar para que homens e mulheres tenham os mesmos espaços e tenham os mesmos direitos”, justificou. 

Segundo Xavier, Paula teria sido convidada para encabeçar a chapa, mas não teria aceitado, porém, concordou com a vice-candidatura. “Nos conhecemos no pleito eleitoral da última campanha e viemos conversando. Nesse processo, eu fiz o convite a ela, ela aceitou e estamos aí trabalhando”, disse.

De acordo com a  pesquisa Datatempo/Quaest, contratada pela Sempre Editora e divulgada no último dia 5, Cabo Xavier aparece com 1% das intenções de voto empatado com outros seis postulantes à PBH:  Rodrigo Paiva (Novo), Nilmário Miranda (PT), Luísa Barreto (PSDB), Lafayette Andrada (Republicanos), Marília Domingues (PCO) e Wadson Ribeiro (PCdoB).

O candidato do PMB frisou, no entanto, que é cético em relação às pesquisas. “Tivemos o próprio governador, que configurou aí com 3% e quase ganhou no primeiro turno e, no segundo turno, ele foi imbatível. A Dilma também, na eleição passada, estava despontando quase com o dobro dos índices do segundo colocado, mas ela terminou em quarta colocação”, ressaltou Xavier.

Sobre o que pretende fazer para tornar sua candidatura mais competitiva, o policial militar falou que está trabalhando de uma “maneira diferente”. “Nossa campanha, fisicamente, ela não é visual, mas nós estamos 100% nas redes sociais, na internet e eu acredito que os resultados vão surpreender muitas pessoas”, assinalou Cabo Xavier.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui