Cruzeiro se acerta com Umberto Louzer e finaliza burocracias para anúncio

0

Em busca de um treinador, o Cruzeiro fez uma investida a Umberto Louzer, comandante que atualmente está an Chapecoense e ocupa a terceira posição no Campeonato Brasileiro da Série B. De acordo com a apuração do Super.FC, o clube celeste entrou em contato com o staff de Louzer para sondar a situação do técnico. As conversas evoluíram e as bases do acerto foram acordadas entre as partes. 

O treinador está em Alagoas para o duelo com o CRB, nesta quarta-feira. Definindo a situação burocrática, Umberto não comanda mais o time catarinense e seguirá para Atibaia. O Cruzeiro tem urgência em poder contar com um novo técnico, já que encara o Juventude nesta sexta-feira, às 21h30, no Mineirão. 

O que ainda restaria é a formulação de uma proposta oficial à Chapecoense, conforme relata o jornalista Rodrigo Goulart, setorista da Chapecoense no Diário do Iguaçu e também da rádio Chapecó, finalizando assim a situação burocrática para o eventual desligamento do profissional do time catarinense. 

A Chapecoense afirma não ter recebido até o momento nenhuma sinalização por parte do Cruzeiro. “Até o momento não chegou a meu conhecimento esse assunto”, se limitou a dizer Paulo Magro, presidente do time Condá ao Super.FC

A multa para tirar Umberto Louzer da Chapecoense é baixa, e o Cruzeiro estaria disposto a pagar. O comandante vê a oportunidade como única na carreira e chega com a experiência e o trabalho de três anos em clubes da Série B. 

Umberto Louzer trabalhou ao lado de profissionais como Lisca, Fernando Diniz, Vadão, Marcelo Cabo, entre outros. A Chapecoense chegou a frequentar a zona de rebaixamento no Catarinense. Todavia, depois que Louzer chegou, o time venceu duas partidas e se classificou em oitavo. O futebol no estado ficou suspenso devido à pandemia. Depois, a Chapecoense eliminou o Avaí, e seguiu avançando na competição até conquistar o título. 

O treinador, de 40 anos, atuou profissionalmente como volante. Ele estreou como técnico profissional em 2018, quando comandou o Guarani na Série A2 do Paulista. Louzer levou o Bugre de volta à elite do Estadual, e fez uma campanha sem riscos na Série B. Foi demitido do Guarani na antepenúltima rodada, com a equipe finalizando o torneio com 54 pontos e na nona posição. 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui