Giovanni vê Cruzeiro como oportunidade da vida e se apresenta à torcida

0

Treinando no Cruzeiro desde setembro, o meia Giovanni, enfim, foi apresentado oficialmente como o novo reforço do clube. O atleta aguardava o fim da punição aplicada pela Fifa ao clube celeste, que impedia o registro de jogadores. Apesar disso, ele não teve o nome publicado no BID da CBF em tempo hábil e está fora da partida desta sexta-feira, contra o Paraná.

Aos 26 anos, o atleta enxerga o time estrelado como a maior oportunidade na carreira. Ele foi formado pelo Corinthians, passoi por Ponte, Portuguesa, São Bento, Atlético Paranaense, Tigres do Brasil, Náutico, Goiás e mais recentemente o Coritiba. 

“Costumo falar com a minha família que agora é a oportunidade da minha vida, vestir a camisa de um grande clube, onde grandes jogadores passaram por aqui, um clube campeão, que sempre entra nas competições em busca de títulos. Então eu estou muito feliz, muito motivado. Espero que possa ser um ano de sucesso”, declarou o atleta, em entrevista publicada no canal do clube. 

Giovanni destacou suas características em campo, ressaltando o trabalho como meia-armador e também o chute de fora da área. 

“A minha característica é o passe mesmo, minha função de origem é meia-armador, mas de uns anos para cá também aprendi a desenvolver uma nova função na criação, vindo um pouco mais de trás e chegando na área. Costumo fazer essas duas funções também, achar os passes nos atletas, nos atacantes, e também um ponto forte é o chute de fora da área, nos anos que vêm passando, eu venho sendo muito feliz, acertando muitos chutes, espero acertar aqui também e ajudar o Cruzeiro a conquistar os objetivos”, observou o atleta. 

Giovanni foi uma indicação de Ney Franco. Ele fez 44 jogos pelo Coxa, com quatro gols marcados, dentre eles o que encaminhou o acesso no ano passado, tento contra o Red Bull Bragantino. Foi também destaque na campanha do acesso do Goiás, em 2018.

“Joguei em dois clubes que conseguiram recentemente o objetivo que era subir, coisa que estamos precisando aqui também. A Série B é uma competição muito difícil, eu costumo dizer que a partir do momento que a gente coloca a vontade e a determinação, o espírito da competição, a qualidade acaba sobressaindo. Nós, aqui do Cruzeiro, a gente vê o elenco que temos, é um elenco com grandes jogadores. Então, eu tenho certeza que, a partir do momento, que começarmos a competir fortes, tenho certeza que a qualidade vai sobressair, nós vamos conquistar o grande objetivo que é retomar o clube ao lugar que ele não deveria ter saído”, salientou o meia armador. 

Amizade com Rafinha

Um dos atletas que avalizaram a vinda de Giovanni para o Cruzeiro foi Rafinha, bicampeão da Copa do Brasil pela Raposa e que atualmente está no Coxa. O novo jogador celeste destacou o relacionamento com Rafinha e as indicações que o companheiro passou sobre o Cruzeiro. 

“Vendo de fora, sempre um clube muito gigante. Tive a oportunidade de agora, no Coritiba, trabalhar com o Rafinha, um dos melhores amigos que eu tenho no futebol. Tudo que eu pensava do Cruzeiro, o Rafinha me confirmou, um clube gigante, que sempre briga por títulos, é isso que eu quero na minha carreira. Consegui conquistar alguns, mas meu objetivo maior de ter vindo aqui é o acesso, voltar à Série A do Brasileiro e brigar por grandes competição, ficar marcado na história do clube com títulos”, concluiu Giovanni.  

 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui