Marido chega em casa embriagado, briga com a mulher e decepa os dedos dela, em MG

0
Sebastião e o facão usado no crime foram levados para a delegacia para os demais procedimentos.

O crime bárbaro aconteceu na noite dessa quarta-feira (14) em Lagamar. A senhora de 76 anos teve dois dedos da mão decepados e o polegar ficou preso apenas pela pele. O marido dela de 71 anos teria chegado em casa embriagado e, após uma briga, acabou golpeando a vítima com um facão. O caso chocou a cidade de cerca de 8 mil habitantes, situada a 80 quilômetros de Patos de Minas. 

O fato aconteceu por volta das 21h25. O Cabo César da Polícia Militar foi quem registrou a ocorrência. Após serem acionados pela Unidade de Saúde Municipal, os policiais foram até o local para verificar o que havia acontecido. O relato era de que a vítima havia sido lesionada pelo seu marido.

A vítima relatou que Sebastião Neves da Silva, 71 anos, após fazer uso de bebida alcoólica, chegou em casa bastante exaltado, quebrou um vidro da porta da sala, e de posse de um facão foi em sua direção com o intuito de agredi-la. Ao perceber que ele desferiu um golpe para acertar seu pescoço, tentou se defender com uma bengala, mas o facão acertou sua mão esquerda decepando dois dedos.

Os policiais deslocaram até a residência do acusado, onde foi ordenado que ele se posicionasse para busca pessoal, mas ele se recusou, sendo necessário o uso de técnicas de imobilização, com forçamento de articulação para algemação. Ele sofreu pequenas escoriações no joelho e braço esquerdo.

Sebastião relatou para os policiais que chegou em casa e a porta estava trancada. Ele bateu várias vezes para a vítima abrir a porta, porém como a vítima se recusou a abrir, deu um muro na porta quebrando o vidro. Após isso, conseguiu abrir a porta e, ao adentrar, a vítima veio em sua direção bastante exaltada.

Ele continuou dizendo que, quando a vítima se exalta, é costume se apoderar do facão e a vítima lhe intimidar. Sebastião disse que o quarto estava escuro e ela tentou acertá-lo com uma bengala, que levantou o facão para defender-se, acertando a mão da vítima, causando as lesões.

 O médico plantonista que atendeu a vítima disse que ela sofreu a perda de dois dedos da mão esquerda, ficando o dedo polegar seguro apenas pelo couro. Ela foi encaminhada para Patos de Minas, para procedimento cirúrgico especializado.

Sebastião foi informado de seus direitos constitucionais e preso em flagrante delito. Sebastião e o facão usado no crime foram levados para a delegacia para os demais procedimentos. O acusado foi encaminhado para o Presídio Sebastião Satiro. 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui