Músico tem infarto fulminante e morre durante live em São Francisco, MG

0

O músico José Carlos Leal Madureira faleceu durante uma live em que tocava com a banda CLM, na noite desse sábado (3), em São Francisco, no Norte de Minas. O momento foi transmitido ao vivo pelo YouTube do canal “Memórias de São Francisco MG”, que organizou a apresentação. 

O músico, de 45 anos, tocava guitarra e cantava, sem demonstrar sinais de dor, quando caiu no palco. Ele foi socorrido por dois colegas de banda, com experiência em socorro emergencial, e por uma enfermeira que acompanhava o show, filha de um dos artistas, detalha o advogado Eduardo Leal de Melo, 56, idealizador da live e amigo de José Carlos. Ele chegou a ser socorrido pelo SAMU e encaminhado ao hospital municipal da cidade, mas não resistiu ao infarto e morreu pouco depois, na instituição.

“Durante o dia, tudo estava bem com ele, passou o som alegre, em felicidade total. A live havia começado há uns 40, 50 minutos quando ele infartou. Antes da música, ele mandou um recado para a esposa para o filho, que o assistiam em casa”, conta Eduardo. Ele diz que o músico utilizava um marca-passo no coração, mas estava com o check-up cardíaco em dia. Além da esposa e do filho, José Carlos deixa uma filha, que acompanhou a apresentação no local, diz Eduardo. 

O vídeo que mostra o momento em que o músico caiu foi replicado nas redes sociais, mesmo após Eduardo retirar o link original do ar. “Pedi no Facebook que as pessoas não compartilhassem, porque há muita dor em uma tragédia dessa. É muito triste”, lamenta Eduardo. Ele pretende publicar a apresentação novamente no canal “Memórias de São Francisco MG”, mas sem o momento em que o amigo sofre o infarto. 

O evento era uma celebração da história da cidade de São Francisco. A banda CLM foi fundada no Norte do Estado nos anos 80, e o irmão de José Carlos fazia parte da formação original, antes dele, de acordo com Eduardo. O show começou a ser planejado em junho e estava marcado para ocorrer em agosto, plano que foi interrompido devido às restrições da prefeitura para conter a pandemia de Covid-19, que deixou 13 mortos na cidade, conforme o comunicado mais recente do governo municipal.

Além de se reunir com a CLM, José Carlos tocava teclado na igreja com Eduardo e era dono de uma serralheria na cidade. O velório do músico ocorreu neste domingo (04), em São Francisco.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui