Ônibus de transporte clandestino é perseguido por fiscais por mais de 60 km em Minas Gerais

0
Ônibus transportava 47 passageiros — Foto: Reprodução TV Globo

Um ônibus de transporte clandestino foi perseguido por fiscais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) por mais de 60 quilômetros, na noite desta segunda-feira (12), em Minas Gerais.

A perseguição começou em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e somente terminou na cidade de Sete Lagoas, na Região Central.

De acordo com a ANTT, o motorista do veículo desrespeitou a ordem de parada dos agentes e, durante a fuga, ignorou todos os radares e furou o bloqueio de uma praça de pedágio.

O ônibus, que saiu de São Paulo com destino a Caruaru (PE), estava com os pneus carecas, para-brisa trincado – e a habilitação do motorista estava vencida desde 2016. Quarenta e sete pessoas, incluindo nove crianças, estavam no veículo.

Segundo a ANTT, o motorista foi preso e vai responder pelas infrações e por furar o bloqueio policial.

A ANTT apreendeu mais de dez veículos em Minas Gerais durante ações realizadas no fim de semana e feriado. A fiscalização observou se os transportes estão regulamentados, com condições de segurança e seguindo as normas sanitárias de prevenção à Covid-19.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui