Polícia Federal prende homem em BH por falsificação de cachaça mineira

0

Um homem, que não teve a idade divulgada, foi preso, na manhã desta sexta-feira (2), suspeito de envolvimento em falsificação de cachaça. Ele foi localizado em casa, no bairro Caiçara, região Noroeste de Belo Horizonte, onde os produtos eram armazenados. 

Segundo a Polícia Federal, as investigações da “Operação Veneno” começaram há cerca de dois meses após denúncias. 

No esquema, eram realizadas as falsificações, além da bebida, do selo IPI, rótulo e tampa das garrafas. A fabricação era realizada no mesmo imóvel em que o suspeito morava com a família. 

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo apreendidos: 70 garrafas e quatro galões de cachaça, selos, rótulos R$ 20 mil em dinheiro. 

O suspeito pode responder por falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de substância ou produtos alimentícios. A pena pode chegar a oito anos de reclusão. 

A reportagem de O TEMPO aguarda um posicionamento da empresa que produz a cachaça original.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui