Black Friday: consumidores reclamam de fretes até mais caros do que os produtos

0

Os consumidores estão utilizando as redes sociais para reclamar do valor do frete dos produtos nesta sexta-feira (27) de Black Friday. Em muitos casos, a taxa de entrega equivale a mais de 50% do preço do item comprado e, em algumas situações, chega a custar até mais caro.

A reportagem encontrou, por exemplo, um fogão que está sendo anunciado na loja online de uma rede de varejo com desconto de 27%: de R$ 590, passou a custar R$ 429. No entanto, o frete cobrado para a entrega do produto em Contagem, na região metropolitana, é maior: R$ 458,90. O prazo pedido para o consumidor receber o eletrodoméstico em casa é de até 13 dias úteis.

Outro exemplo é um painel para TV que custa R$ 104,41, valor com desconto de 5%, e tem frete de R$ 80, o que corresponde a 76% do preço do móvel. O prazo para a entrega é de até 47 dias úteis, praticamente dois meses.

“Para mim, é o auge quando o frete é mais caro que o produto, desisto da compra na hora”, disse uma mulher no Twitter. “O que adianta ter promoção no site todo e colocar um frete super caro?”, questionou outra.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui