Bombeiros retomam nesta sexta buscas por homem que desapareceu no Arrudas

0
Bombeiros no rio Arrudas, na altura de General Carneiro. — Foto: CBMMG / Divulgação

O Corpo de Bombeiros retomou, nesta sexta-feira (13), as buscas pelo homem que desapareceu no ribeirão Arrudas, em Belo Horizonte nesta quarta-feira (11). Antes de ser carregado pelas águas, o homem chegou a conseguir agarrar a corda jogada pelos militares, mas ele não conseguiu se manter segurando, como mostra o vídeo abaixo.

As buscas foram pausadas nesta quinta-feira (12) por causa da chuva e baixa visibilidade no local. Foram feitos cinco quilômetros de buscas, durante todo o dia, ao longo do rio, sem que a vítima fosse localizada.

Às 11h desta sexta-feira, os bombeiros informaram que já tinham percorrido o curso do rio até General Carneiro por um dos lados. A guarnição, de quatro militares, ia iniciar em seguida as buscas do outro lado do rio, até chegar novamente em General Carneiro.

Bombeiro no rio Arrudas, na altura de General Carneiro. — Foto: CBMMG / Divulgação

Tentativa de resgate

A tentativa de resgate foi feita por integrantes da Polícia Militar (PM) antes da chegada dos bombeiros. A cena foi registrada por pessoas que passavam pela Avenida dos Andradas, no bairro Horto, na Região Leste da capital.

Os militares contaram ao G1 que faziam um patrulhamento na região, quando uma testemunha avisou aos policiais que um homem teria pulado no Arrudas porque estaria sendo perseguido por populares, após roubar uma mulher.

Bombeiros retomam buscas no Arrudas — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

A PM avistou o homem sendo arrastado pela correnteza e passou a acompanhá-lo. Eles conseguiram cordas e jogaram para a vítima segurar.

Corpo de Bombeiros procura homem que caiu no Ribeirão Arrudas — Foto: Redes sociais

O relato da testemunha foi redigido no boletim de ocorrência, mas a Polícia Militar não recebeu nenhum chamado sobre roubo na região.

Depois do resgate frustrado, equipes do Corpo de Bombeiros fizeram varredura no ribeirão até Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui