Com Sampaoli e auxiliares infectados, Galo ainda não sabe quem comanda o time

0

Com o técnico Jorge Sampaoli e seus auxiliares diretos infectados pelo novo coronavírus, a comissão técnica do Atlético ainda não definiu quem vai comandar o time na beira do gramado amanhã, às 19h, no Mineirão, na partida contra o Athletico-PR, duelo adiado da sexta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Na noite da última segunda-feira, o clube divulgou que nove pessoas do alvinegro, incluindo o zagueiro o zagueiro Gabriel, testaram positivo. Todos estão assintomáticos, mas passarão pelo período de 14 dias de quarentena.

Diogo Alves, auxiliar de Sampaoli desde a época do Santos, o ex-jogador Éder Aleixo ou Lucas Gonçalves, analista de desempenho são opções mais prováveis. Leandro Zago, técnico da equipe de transição, também pode ser acionado. O time treinou normalmente na manhã desta terça-feira na Cidade do Galo já sem a presença de Sampaoli e sua comissão técnica, mas a tradicional entrevista coletiva com algum atleta e a liva do Galo foram canceladas por causa do episódio.

Outros casos

Ao todo já são 14 casos confirmados na Cidade do Galo. O primeiro e que ganhou grande repercussão foi do meia Cazares, hoje no Corinthians, que furou a quarentena e acabou contraindo o vírus. O meia Alan Franco, que está com a seleção do Equador, também cumpre quarentena no seu país. Além deles, o atacante Savio, o volante Rubens, do sub-23, o zagueiro Rômulo, do sub-17, também foram contaminados.

Confira os profissionais do Atlético que estão infectados pelo novo coronavírus

Jorge Sampaoli (treinador)

Gabriel Andreata (gerente de futebol)

Jorge Desio (auxiliar técnico)

Pablo Fernandez (preparador físico)

Marcos Fernandez (auxiliar de preparação física)

Gabriel (atleta)

Domênico Bhering (diretor de Comunicação)

Frederico Fortes (analista de desempenho)

Danilo Minutti (treinador de goleiros)

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui