Moradores de condomínio em Uberlândia fazem reparos após rajada de vento destelhar casas

0
Moradores do condomínio Terra Nova II em Uberlândia separam telhas quebradas e contabilizam estragos — Foto: Arcênio Corrêa/Divulgação

Moradores do condomínio residencial Terra Nova II, em Uberlândia, que tiveram casas destelhadas após uma rajada de vento, iniciaram nesta quinta-feira (5) os reparos nos telhados e contabilizam prejuízos causados.

Na tarde desta quarta-feira (4), ao menos sete residências foram atingidas e moradores disseram que as telhas foram arrancadas após uma aeronave sobrevoar a região.

A Força Aérea Brasileira (FAB) enviou um comunicado após os relatos e confirmou que havia uma aeronave na região, acrescentando que rajadas de vento também foram registradas. A reportagem falou com uma profissional em climatologia.

Uma das moradoras é a dona de casa Ivanilda Aparecida de Freitas Souza. Um vídeo mostra o momento em que as telhas da garagem dela cai sobre um veículo.

“Na hora que escutei um barulho, corri para fechar a janela e achei que era um redemoinho. Mas, meus netos que estavam brincando na rua disseram que passou um avião”, disse.

Ela contou que não sabe como arcar com os prejuízos com telhas e o carro que teve o vidro quebrado. Durante a manhã, moradores se reuniram para ajudar a assentar algumas telhas.

A síndica do condomínio, Ruth Benfica, informou que orientou a todos a fazerem uma vistoria, pois telhas de outras casas também podem ter se deslocado e causar prejuízos futuros.

“Outras casas vão perceber danos na hora que houver uma chuva. As casas não têm laje, somente forro. Se água cai entre as telhas, pode estragar e esse forro cair”, falou.

Ruth também contou que vai procurar a Infraero e outros responsáveis pelo incidente.

Equipes da Defesa Civil estiveram no local, além do Corpo de Bombeiros. Nenhuma casa precisou ser interditada, ninguém se feriu e foram registrados somente danos materiais.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) deve ser acionada para posicionamento do ocorrido.

Telhas são arrancadas de casas em condomínio de Uberlândia, suspeita é que destalhamento tenha sido causado por avião — Foto: Condomínio Terra Nova II/Divulgação

Ventania

Moradores relataram à reportagem que as telhas caíram devido a uma rajada de vento causada por uma aeronave que passou no local.

O comando da Aeronáutica, por meio da assessoria de imprensa, confirmou que uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) realizou procedimento de aproximação para o aeródromo de Uberlândia durante uma missão de treinamento, prosseguindo em seguida para São José dos Campos (SP).

Esclareceu também que as informações meteorológicas no momento do procedimento indicavam rajadas de vento nas proximidades do aeródromo, fato que não alterou a trajetória planejada da aeronave.

A reportagem procurou a climatologista Wanda Prata que confirmou que houveram duas rajadas de vento de 50.4 km/h, sendo uma em cima de outra, durante a tarde na cidade.

Contudo, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nenhuma mudança climática ou anomalia foram detectadas na cidade.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui