PM registra boletim de ocorrência sobre furto em casa perto de prédio que tombou

0

A Polícia Militar registrou um boletim de ocorrência de um morador do bairro Ponte Alta, em Betim, na região metropolitana, relatando que teve o imóvel arrombado no fim de semana. De acordo com a PM, o proprietário da casa percebeu que a janela estava arrombada. Ao verificar no local, viu que o botijão de gás e uma caixa de som tinham sido furtados.  No entanto, o morador não soube precisar a data em que aconteceu o furto. 

Apesar de outro morador relatar que teve alguns animais furtados, a PM afirmou que, até o início da tarde, somente um boletim tinha sido registrado oficialmente. “Foi um furto em dois imóveis que ficam no mesmo endereço, mas em apenas um deles foi comprovado o furto do botijão de gás e da caixa de som”, informou a Polícia Militar. 

Peritos da Polícia Civil estiveram no local na manhã desta segunda (23).

Quinze famílias tiveram que sair de casa após o prédio tombar, na última terça (17). Isso porque a estrutura corre o risco de desabar a qualquer momento. Por causa disso, a prefeitura ingressou na Justiça contra a construtura responsável pela obra para que fosse feita a demolição do edifício e a assistência das famílias que precisaram sair de suas residências. 

De acordo com a prefeitura, desde quando o prédio tombou, na última terça (17), equipes da Guarda Municipal e da Defesa Civil estão no local. “Nesta segunda-feira (23), duas equipes de policiamento, com quatro agentes, e uma equipe de atuação no SCO, com dois agentes, estão empenhados na região. Durante a manhã, devido a troca de turno da equipe, o local ficou sem agentes municipais por menos de uma hora. Desde o último sábado (21), o Sistema de Comando de Operações (SCO), está instalado no bairro Ponte Alta, próximo ao prédio que tombou. Duas tendas e o ônibus da Guarda Municipal compõem a estrutura física do sistema”, informou por nota. 

A administração reforçou que “o Sistema de Comando é um posto fixo de suporte às outras equipes que também devem estar envolvidas, como: Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e Polícia Militar”.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui