Processo que apura queda de ponto de ônibus em Uberlândia conclui que foi uma fatalidade

0
Segundo antes de parte de cima de ponto de ônibus cair em Uberlândia — Foto: Reprodução/ TV Integração

A Prefeitura de Uberlândia concluiu que foi uma fatalidade a queda de um ponto de ônibus em cima de um passageiro, em novembro de 2019, no Bairro Maravilha.

A conclusão da apuração feita por uma Comissão Processante foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18) e o procedimento administrativo arquivado.

O acidente foi em um sábado, na Rua Simão Pedro. Imagens mostram quando a estrutura cai e atinge um jovem de 21 anos que aguardava um ônibus (veja abaixo). Ele feriu o pé é foi socorrido ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), onde ficou internado por muitos dias.

Na época, após o acidente, o Ministério Público Estadual (MPE), por meio da Promotoria de Defesa do Consumidor, emitiu uma recomendação ao prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão (PP), e à Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran), para a realização de inspeções nos pontos de ônibus da cidade.

Apuração dos fatos

Segundo publicação da Prefeitura, em novembro de 2019 foi instituída uma Comissão Processante para apurar eventuais irregularidades na execução do contrato feito com a empresa responsável pela construção da estrutura, já que a laje caiu.

Uma perícia técnica contratada pelo Município avaliou as possíveis causas do acidente.

Foi constatado que a construção estava regular e que a queda da laje do abrigo de ônibus se deu em razão de possível colisão de um veículo de grande porte. Portanto, foi considerada uma fatalidade.

Diante dos fatos, o processo administrativo foi arquivado.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui