Treinador de futebol é preso em flagrante após adolescente chamar polícia e dizer que foi abusado por ele

0
Fachada da delegacia de plantão de Betim, na Região Metropolitana de BH — Foto: Polícia Militar

Um adolescente de 14 anos chamou a Polícia Militar, na tarde desta terça-feira (10), alegando que foi vítima de abuso sexual do treinador de futebol. O fato foi no bairro Novo Horizonte, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a PM, a vítima disse que foi até a casa do treinador, de 50 anos, para que ele fizesse massagens em suas pernas para aliviar as dores musculares que sentia após uma partida de futebol. Ele disse aos militares que, durante o procedimento, o homem teria tocado nas partes íntimas dele.

Militares do 33º batalhão, foram até a escolinha de futebol, no bairro Ingá, também em Betim, procurar o suspeito, que negou as acusações. A PM contou que o treinador confirmou ter feito massagens nas pernas do aluno, mas não teria tocado nas partes íntimas dele.

Todos os envolvidos foram levados para a delegacia de plantão de Betim. O menor foi acompanhado de um responsável.

A Polícia Civil informou, na manhã desta quarta-feira (11), que “ratificou a prisão em flagrante do suspeito pelo crime previsto no artigo 215 do Código Penal – ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou outro meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima”.

Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que o treinador de futebol deu entrada na manhã desta quarta-feira (11), às 11h24, no Centro de Remanejamento Provisório de Belo Horizonte (Ceresp Gameleira).

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui