Tribunal de Justiça de Minas Gerais condena homem a 21 anos de prisão por feminicídio em Belo Horizonte

0
Helbert foi condenado a 21 anos de prisão pelo crime de feminicídio contra a ex — Foto: Joubert Oliveira/TJMG/Divulgação

Via G1 Minas Gerais

A Justiça condenou a 21 anos de prisão o homem que matou a ex-namorada, em fevereiro do ano passado, no bairro Glória, na Região Noroeste de Belo Horizonte. A sentença foi divulgada nesta segunda-feira (18).

De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Helbert Ferreira de Carvalho, de 33 anos, foi condenado por homicídio qualificado, inclusive por feminicídio, e ocultação de cadáver. Ele não poderá recorrer em liberdade.

Helbert confessou o crime durante o interrogatório. Segundo o TJMG, ele afirmou que agiu após uma discussão com a ex-companheira. O promotor do caso afirmou que o homem agiu de forma premeditada, motivado por um suposto vídeo íntimo da vítima que nem sequer assistiu.

Conforme divulgado pelo Tribunal, a acusação sustentou que Helbert atacou a ex-namorada de surpresa, dificultando a reação dela. Já a defesa, alegou que a convivência entre os dois era conturbada, mesmo depois do término do relacionamento. Afirmou também que a vítima provocava Helbert, que sempre demonstrou ser ciumento.

O crime

As investigações apontaram que Helbert atingiu a vítima com um golpe de marreta na cabeça e sucessivos golpes de faca na região do pescoço.

A Polícia Civil informou que a ex-namorada estava na casa dele, já que tinha o costume de frequentar o lugar, mesmo com o fim do romance. Helbert, então, teria começado a discussão sobre um suposto relacionamento dela com outra pessoa.

 

Ainda segundo as investigações, o homem teve ajuda de terceiros para enrolar o corpo em um cobertor, colocar no porta-malas de um carro e jogá-lo em um córrego, às margens de uma estrada em Esmeraldas, na Grande Belo Horizonte.

 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui