Governador Romeu Zema, anuncia Fábio Baccheretti como novo secretário de estado de Saúde de Minas Gerais

0
O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (12), nas redes sociais

Via G1 Minas Gerais

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) anunciou Fábio Baccheretti para ocupar o cargo de secretário de Estado de Saúde, após afastar Carlos Eduardo Amaral, investigado em denúncia de “fura-fila” na vacinação contra a Covid-19. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (12), nas redes sociais.

Na noite desta quinta-feira (11), Zema falou do afastamento de Carlos Eduardo Amaral do cargo. Amaral virou centro de polêmica após o Ministério Público abrir um inquérito para apurar suspeita de “fura-fila” de 806 servidores da pasta na vacinação contra a Covid-19.

O governador agradeceu pelo trabalho de Amaral.

“Agradeço o trabalho que realizou à frente da secretaria, em especial no combate à pandemia e na gestão para a futura retomada das obras dos Hospitais Regionais no Estado”, afirmou Zema.

Disse, ainda, que Minas Gerais teve “um dos melhores resultados” no enfrentamento à pandemia e que o governo seguirá atuando “com eficiência e transparência”.

A exoneração de Amaral e a nomeação de Baccheretti devem ser publicadas neste sábado (13).

Sobre Fábio Baccheretti

Fábio Baccheretti — Foto: Site Fhemig/Reprodução

Fábio Baccheretti Vitor, de 37 anos, é formado em medicina na Universidade Vale do Rio Verde, em 2010. Baccheretti ingressou, no ano seguinte, no Hospital Júlia Kubitschek (HJK), segundo maior hospital da Rede Fhemig, como clínico plantonista da unidade de emergência.

Cerca de um ano depois, tornou-se coordenador de Plantão e, no ano seguinte, passou a coordenar a Unidade de Emergência. Em 2015, foi convidado a assumir a função de assessor da Gerência Assistencial do mesmo hospital.

Nos três anos em que permaneceu na função, o HJK tornou-se o primeiro hospital da Fhemig a ter um Núcleo Interno de Regulação (NIR). Com isso, os indicadores hospitalares experimentaram melhorias substanciais, de tal forma que atraíram a atenção de outros hospitais de Belo Horizonte, que se espelharam na experiência do HJK para criarem núcleos semelhantes.

Ao longo de sua atuação no HJK, Baccheretti concluiu vários cursos de capacitação ministrados pela própria Fhemig, por meio de sua Coordenação de Educação Permanente (Cedep).

 

Também em 2015, o médico ingressou no curso de Especialização em Radiologia e Diagnóstico por Imagem do Hospital Santa Casa de Belo Horizonte, instituição na qual atuava, há um ano e meio, como membro de seu corpo clínico.

Em agosto de 2018, após pouco mais de sete anos de trabalho no HJK, Baccheretti assumiu a função de diretor hospitalar da unidade e, com apenas 11 meses de gestão como diretor geral do HJK, deixou a função para assumir a presidência da Fhemig.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui