Universidade Federal de Juiz de Fora, discute ensino híbrido e a implantação de semestres suplementares para o ano letivo de 2021

0
Comissão Acadêmica vai analisar nesta sexta-feira (5) as duas propostas aprovadas pelo Conselho Setorial de Graduação

Via G1 Zona da Mata

A Comissão Acadêmica de Ensino Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) vai analisar, nesta sexta-feira (5), a oferta de ensino híbrido e a implantação de semestres suplementares para o ano letivo de 2021.

A medida ocorre após a aprovação das duas propostas de resolução por parte do Conselho Setorial de Graduação (Congrad). Caso a Comissão Acadêmica concorde, as mesmas serão encaminhadas ao Conselho Superior (Consu) da Universidade.

De acordo com a UFJF, o ensino híbrido, que é composto por atividades presenciais e remotas, só será permitido caso o Consu autorize e se as condições epidemiológicas da Covid-19 forem favoráveis.

A outra resolução debatida tem como tema a implantação de semestres suplementares para atendimento de disciplinas não oferecidas no Ensino Remoto Emergencial (ERE), como aquelas de natureza prática.

Ainda conforme a Universidade, “tão logo aprovadas, essas ou outras resoluções sobre o calendário acadêmico de 2021 e a oferta de disciplinas serão publicadas no site do Consu e divulgadas amplamente à comunidade acadêmica pelo Portal da UFJF”.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui