Covid-19: Pessoas com 61 anos podem se vacinar em Belo Horizonte a partir desta quinta-feira (22)

0
Fila em posto de saúde de BH durante vacinação de idosos de 62 anos contra a Covid-19, na manhã desta terça-feira (20) — Foto: Elton Lopes / TV Globo

Via G1 Minas Gerais

Pessoas com 61 anos, ou que vão completar a idade até o dia 30 de abril, poderão se vacinar contra a Covid-19 em Belo Horizonte a partir desta quinta-feira (22). Profissionais de saúde a partir de 40 anos (cadastrados no portal da Prefeitura) poderão se vacinar a partir deste sábado (24).

A vacinação dos idosos é realizada entre 7h30 e 16h30 nos centros de saúde da capital e postos fixos. Os sete pontos drive-thru funcionam de 8h às 16h30. Veja os endereços dos postos e pontos de drive-thru.

O idoso precisa levar documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Todos devem estar de máscara e respeitar o distanciamento nas unidades. O ideal é que o idoso leve, no máximo, um acompanhante para evitar aglomerações.

Os idosos do público-alvo acamados e com mobilidade reduzida devem se cadastrar no portal da prefeitura para receber a vacina em casa.

Vacinação de profissionais de saúde

Os pontos de vacinação para trabalhadores da saúde (cadastrados no portal da Prefeitura), com 40 anos ou mais, serão divulgados em breve.

Têm direito as pessoas que se enquadram nos seguintes requisitos:

  • Ser trabalhador da saúde em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;
  • Ter preenchido o cadastro para a vacinação de trabalhadores da saúde, de forma válida, até 23h59 de 13 de abril;
  • Ter completado 40 anos ou mais até 30 de abril;
  • Não ter recebido vacina contra a Covid-19;
  • Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 15 dias;
  • Não ter tido Covid com início de sintomas nos últimos 30 dias.

Os trabalhadores da saúde precisam levar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação com foto;
  • Registro no conselho profissional;
  • Documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde localizado em Belo Horizonte por meio da apresentação de: Comprovante de pagamento (contracheque) emitido nos últimos 3 meses; ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com especificação da função; ou Contrato de trabalho; ou Relatório do CNES; ou Declaração de Imposto sobre a Renda – Pessoa Física 2020, com a identificação da ocupação principal declarada; ou Declaração de vinculação ativa como trabalhador de saúde emitida pelo serviço de saúde.

Segunda dose para idosos de 72 e 71 anos

Nesta segunda-feira (19), foram adiantadas as aplicações da segunda dose para pessoas de 72 e 71 anos.

Para se vacinar, é necessário que o idoso leve documento de identidade, CPF e comprovante de residência, além do cartão de vacinação que conste a aplicação da primeira dose.

O endereço dos locais está disponível no portal da prefeitura.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui