Maioria do estado entra na onda Vermelha e poderá reabrir comércio

0

O governador Romeu Zema (Novo) anunciou, no final da manhã desta quinta-feira (15), que 70% do estado vai evoluir da onda roxa, a mais restritiva de todas, para a vermelha – inclusive a capital, Belo Horizonte.

“Não estamos falando de situação confortável. Não há o que comemorar, e sim o que pensar para não voltar para a onda roxa”, disse o governador.

Mais cedo, o Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que avalia semanalmente a situação da pandemia no estado, se reuniu para analisar a situação da pandemia em Minas Gerais.

Romeu Zema na coletiva desta quinta-feira. — Foto: Reprodução

Além da Região Metropolitana de Belo Horizonte, avançarão para a onda vermelha as macrorregiões do Jequitinhonha, Norte, Sudeste e Sul do estado – o que equivale a 60 a 70% de Minas Gerais, segundo Zema.

Segundo o governador, o esforço imposto pela onda roxo ao longo de até quatro semanas, no caso de algumas regiões do estado, fez com que os indicadores que monitoram a pandemia melhorassem.

“É uma evolução muito grande, mas estamos longe de termos conforto, ainda temos um sistema hospitalar que opera com carga pesada. (…) Temos que lembrar que precisamos continuar tomando os cuidados”, disse o governador.

Mais vacinas

O governador também disse que Minas Gerais vai receber mais 600 mil doses de vacinas contra a Covid-19 até esta sexta-feira (16).

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui