Mega Operação: Polícia Civil de Capelinha desencadeou, operação êxodo nas cidades de Capelinha, Angelândia e zona rural de Água Boa; 16 pessoas foram presas preventivamente

0
Foto/Divulgação

Via Rogério Chaves

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da Agência de Inteligência Policial (AIP) da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Capelinha desencadeou, nesta quarta-feira (28/04), a operação Êxodo nas cidades de Capelinha/MG, Angelândia/MG, zona rural de Água Boa/MG, com ênfase no distrito de Palmeiras de Resplendor. Durante as diligências, foram cumpridos mandados de busca e apreensão e 16 pessoas foram presas preventivamente.
As investigações que duraram cerca de um ano e sete meses, se iniciaram a partir do momento em que foi detectado pela Agência de Inteligência Policial, o crescente número de ocorrências de tráfico de drogas, furtos, roubos e crimes relacionados a armas de fogos em Capelinha/MG e região, sendo que, em análise minuciosa, foram detectadas que as ações delituosas eram consumadas de forma organizada por pessoas com funções estabelecidas e com o núcleo situado na localidade de Palmeiras de Resplendor.
16 pessoas foram presas- Foto/Divulgação
Durante as diligências foram presos 04 homens (20, 26, 28 e 34 anos) em Palmeiras de Resplendor, zona rural de Capelinha/MG, 03 homens (24, 24 e 26 anos) e 01 mulher (30 anos) na cidade de Angelândia/MG, 03 homens (19, 21 e 22 anos) em Capelinha/MG, 01 homem (42 anos) na zona rural de Água Boa/MG, 01 homem (26 anos) e 01 mulher (26 anos) em Nova Serrana/MG e outros 02 homens (23 e 44 anos) que já se encontravam no sistema prisional.
Foto/Divulgação
Os suspeitos presos foram encaminhados à Autoridade Policial e após as formalizações de suas prisões, eles serão encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui