Minas Consciente: Cidades da Zona da Mata e Vertentes continuam na Onda Roxa

0
Decisão foi divulgada nesta quarta (7) e se sobrepõe às regras das prefeituras; restrições valem por mais sete dias

Via G1 Zona da Mata

As macrorregiões Sudeste, Leste do Sul e Centro-Sul, que compõem cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes, vão continuar na Onda Roxa do ” Minas Consciente” por mais uma semana. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (7) pelo Estado após mais uma reunião do Comitê Extraordinário Covid-19 e será revista daqui sete dias. De acordo com o Governo de Minas, a etapa, que está em vigor há um mês, é impositiva e se sobrepõe às regras determinadas pelas prefeituras.

Nesta atualização, o Estado também divulgou que suspendeu o “toque de recolher” das 20h às 5h no municípios mineiros e a proibição das reuniões familiares. Além disso, foram anunciadas outras medidas dentro da Onda Roxa(Confira abaixo quais são elas).

Cidades da Zona da Mata e Vertentes que estão na Onda Roxa:

  • Além Paraíba
  • Alfredo Vasconcelos
  • Alto Rio Doce
  • Andrelândia
  • Antônio Carlos
  • Antônio Prado De Minas
  • Aracitaba
  • Arantina
  • Araponga
  • Argirita
  • Astolfo Dutra
  • Barão de Monte Alto
  • Barbacena
  • Barroso
  • Belmiro Braga
  • Bias Fortes
  • Bicas
  • Bom Jardim De Minas
  • Brás Pires
  • Caiana
  • Cajuri
  • Capela Nova
  • Caranaiba
  • Carandaí
  • Carangola
  • Cataguases
  • Chácara
  • Chiador
  • Cipotânea
  • Coimbra
  • Conceição Da Barra De Minas
  • Coronel Pacheco
  • Cristiano Otoni
  • Descoberto
  • Desterro Do Melo
  • Divinésia
  • Divino
  • Dona Eusébia
  • Dores de Campos
  • Dores do Turvo
  • Ervália
  • Espera Feliz
  • Estrela Dalva
  • Eugenópolis
  • Ewbank Da Câmara
  • Faria Lemos
  • Fervedouro
  • Goianá
  • Guarani
  • Guarará
  • Guidoval
  • Guiricema
  • Ibertioga
  • Itamarati de Minas
  • Juiz de Fora
  • Laranjal
  • Leopoldina
  • Lima Duarte
  • Madre De Deus De Minas
  • Mar De Espanha
  • Maripá De Minas
  • Matias Barbosa
  • Mercês
  • Miradouro
  • Miraí
  • Muriaé
  • Olaria
  • Oliveira Fortes
  • Orizânia
  • Paiva
  • Palma
  • Patrocínio do Muriaé
  • Paula Cândido
  • Pedra Dourada
  • Pedro Teixeira
  • Pequeri
  • Piau
  • Piedade do Rio Grande
  • Pirapetinga
  • Piraúba
  • Presidente Bernardes
  • Recreio
  • Ressaquinha
  • Rio Espera
  • Rio Novo
  • Rio Pomba
  • Rio Preto
  • Rochedo de Minas
  • Rodeiro
  • Rosário da Limeira
  • Santa Bárbara do Monte Verde
  • Santa Bárbara do Tugúrio
  • Santa Cruz de Minas
  • Santa Rita de Ibitipoca
  • Santa Rita de Jacutinga
  • Santana de Cataguases
  • Santana do Deserto
  • Santana do Garambéu
  • Santana dos Montes
  • Santo Antônio do Aventureiro
  • Santos Dumont
  • São Francisco do Gloria
  • São Geraldo
  • São João Del Rei
  • São João Nepomuceno
  • São Miguel do Anta
  • São Sebastião da Vargem Alegre
  • Senador Cortes
  • Senador Firmino
  • Senhora de Oliveira
  • Senhora dos Remédios
  • Silveirania
  • Simão Pereira
  • Tabuleiro
  • Tocantins
  • Tombos
  • Ubá
  • Viçosa
  • Vieiras
  • Visconde Do Rio Branco
  • Volta Grande

Toque de recolher e novas medidas

O Comitê Extraordinário Covid-19 também anunciou o fim da norma que restringe a circulação da população entre 20h e 5h e da medida que proibia reunião familiares durante a Onda Roxa. Conforme o Estado, a suspensão atende a um acordo feito após questionamento de constitucionalidade por parte do deputado estadual Bruno Engler (PRTB).

Mesmo com o fim da proibiçãoo governador Romeu Zema (Novo) enfatizou que qualquer tipo de aglomeração ou trânsito desnecessário durante a pandemia não é aconselhado.

“Essas medidas não serão mais obrigatórias, mas é essencial que todos façam a sua parte para conseguirmos reduzir a propagação do vírus. Precisamos que a população mantenha todos os cuidados, use máscara e evite aglomerações para conseguirmos sair disso o mais rápido possível”, disse Zema.

Como medida compensatória para o fim da restrição de circulação de pessoas e da proibição de reuniões familiares, a Onda Roxa passa a proibir a retirada de produtos em balcão em todo o comércio não essencial entre 20h às 5h a partir de agora. Nesta faixa de horário, os estabelecimentos com bares e restaurantes só poderão funcionar em formato de delivery.. Supermercados e padarias vão ter o funcionamento ampliado até as 22h, para reduzir a circulação de pessoas em horário de pico.

Onda Roxa

A fase mais restritiva foi criada para conter o avanço da contaminação pelo coronavírus e proíbe o funcionamento do comércio não essencial. A Onda Roxa é imposta a todas as cidades que forem classificadas nela, ou seja, mesmo que o município não tenha aderido ao “Minas Consciente”, ele deve seguir as determinações estaduais enquanto estiver inserido nessa fase.

A saída das pessoas deve se restringir somente para acesso ou trabalho nos serviços autorizados a funcionar. Está proibida a circulação de pessoas com sintomas de gripe, exceto para atendimento médico.

 

Os comércios e serviços não essenciais podem funcionar com atendimento remoto (on-line ou telefone) em sistema de delivery. Já a retirada no balção está proibida devido a suspensão do “toque de recolher”. O consumo no local permanece proibido.

Veja as medidas impostas pela “Onda Roxa”:

  • Fechamento do comércio não essencial;
  • Suspensão de cirurgias eletivas;
  • Apoio das forças de segurança;
  • Restrição de circulação de pessoas (só poderão sair de casa para atividades essenciais);
  • Proibição de pessoas sem máscara em qualquer espaço;
  • Proibição de circulação de pessoas com sintomas de gripe;
  • Implantação de barreiras sanitárias de vigilância;
  • Fechamento de bares e restaurantes (funcionamento apenas por delivery);
  • Proibição de eventos públicos e privados.

Serviços considerados essenciais pelo Minas Consciente:

  • Setor de Saúde, incluindo unidades hospitalares e de atendimento e consultórios;
  • Indústria, logística de montagem e de distribuição, e comércio de fármacos, farmácias, drogarias, óticas, materiais clínicos e hospitalares;
  • Hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, padarias, quitandas, centros de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência, lanchonetes, de água mineral e de alimentos para animais;
  • Produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;
  • Distribuidoras de gás;
  • Oficinas mecânicas, borracharias, autopeças, concessionárias e revendedoras de veículos automotores de qualquer natureza, inclusive as de máquinas agrícolas e afins;
  • Restaurantes em pontos ou postos de paradas nas rodovias;
  • Agências bancárias e similares;
  • Cadeia industrial de alimentos;
  • Agrossilvipastoris e agroindustriais;
  • Telecomunicação, internet, imprensa, tecnologia da informação e processamento de dados, tais como gestão, desenvolvimento, suporte e manutenção de hardware, software, hospedagem e conectividade;
  • Construção civil;
  • Setores industriais, desde que relacionados à cadeia produtiva de serviços e produtos essenciais;
  • Lavanderias;
  • Assistência veterinária e pet shops;
  • Transporte e entrega de cargas em geral;
  • Call center;
  • Locação de veículos de qualquer natureza, inclusive a de máquinas agrícolas e afins;
  • Assistência técnica em máquinas, equipamentos, instalações, edificações e atividades correlatas, tais como a de eletricista e bombeiro hidráulico;
  • Controle de pragas e de desinfecção de ambientes;
  • Atendimento e atuação em emergências ambientais;
  • Comércio atacadista e varejista de insumos para confecção de equipamentos de proteção individual – EPI e clínico-hospitalares, tais como tecidos, artefatos de tecidos e aviamento;
  • De representação judicial e extrajudicial, assessoria e consultoria jurídicas;
  • Relacionados à contabilidade;
  • Serviços domésticos e de cuidadores e terapeutas;
  • Hotelaria, hospedagem, pousadas, motéis e congêneres para uso de trabalhadores de serviços essenciais, como residência ou local para isolamento em caso de suspeita ou confirmação de Covid-19;
  • Atividades de ensino presencial referentes ao último período ou semestre dos cursos da área de saúde;
  • Transporte privado individual de passageiros, solicitado por aplicativos ou outras plataformas de comunicação em rede.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui