Policial militar salva recém-nascido engasgado em Teófilo Otoni

0
Policial militar foi gravado salvando bebê em Teófilo Otoni — Foto: Reprodução

Via G1 Vales de Minas Gerais

Durante uma operação na MGC-418, uma equipe da Polícia Militar Rodoviária atendeu ao pedido de uma mãe que estava com o bebê engasgado. A ocorrência foi registrada na noite dessa segunda-feira (24).

A ação de salvamento do militar foi registrada por câmeras de segurança de um estabelecimento. Segundo os policiais, o recém-nascido, de apenas quatro dias, não estava respirando e apresentava uma coloração mais escura no rosto, que representa a falta de ar.

Para ajudar o bebê a voltar a respirar, o sargento Leandro Lemos pegou o recém-nascido no colo e iniciou a manobra de reanimação e salvamento, de acordo com os treinamentos recebidos.

“Foi necessário que nós realizássemos a manobra por três vezes, haja vista que nas duas primeiras tentativas de reanimação dessa criança, ela não recobrou os sinais vitais”, disse o sargento.

Nas imagens, é possível ver o militar virando o bebê de barriga para baixo e batendo levemente nas costas dele. A mãe do recém-nascido chega a se ajoelhar no chão, enquanto o policial realiza a manobra.

“Mantendo a calma, nós iniciamos uma terceira etapa de manobras, ocasião em que nós logramos êxito que essa criança recobrou seus sinais vitais, recuperando os movimentos de respiração e apresentando, novamente, uma colocação natural na sua face”, disse o policial.

Após algum tempo, o bebê voltou a respirar e recuperou seus sinais vitais. Em seguida, os pais e o recém-nascido foram encaminhados ao pronto-socorro para atendimento médico.

“A sensação de se realizar uma intervenção dessa natureza é indescritível. Eu sou pai, eu tenho uma filha de seis anos, eu tenho um filho de seis meses. No momento em que nos deparamos com uma situação dessa natureza, tanto o instinto de policial militar quanto o instinto de pai nos leva a querer salvar a vida. Nesse momento, é primordial, mais uma vez, que mantenhamos a calma para que possamos prestar um serviço de excelência”, contou o policial.

O sargento Leandro ainda deixou uma orientação à população quanto aos cuidados nesse tipo de situação que pode ocorrer.

“A orientação que nós deixamos para toda a população, principalmente àqueles que se depararem com situações dessa natureza. A primeira ação a ser adotada é manter calma, por mais difícil que pareça. Mantenha a calma, observe os sinais vitais da criança ou de qualquer pessoa que esteja recebendo os primeiros socorros. Concomitantemente, se possível que uma terceira pessoa esteja próxima, peça a ela que entre em contato com os órgãos de defesa social”, alertou.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui