Covid-19: Prefeitura de Itaobim decreta restrições ao comércio e setor de serviços

0
Decreto proíbe o atendimento ao público e reuniões de qualquer natureza que gerem aglomeração, na sede urbana ou zona rural. Medidas vão do dia 9 a 20 de junho

Via G1 Vales de Minas Gerais 

A Prefeitura de Itaobim publicou decreto estabelecendo restrições para o comércio e setor de serviços na cidade em função do avanço da Covid-19 na cidade a partir desta quarta-feira (9). As medidas terão validade até o dia 20 de junho, mas podem ser prorrogadas, caso o município considere necessário.

Segundo a Prefeitura, no dia 4 de junho a cidade registrou 120% de ocupação dos leitos de UTI, e 100% dos leitos clínicos de Covid-19, apresentando ainda tendência de crescimento dos índices.

Por esse motivo, o decreto 127/2021 proíbe o atendimento ao público em estabelecimentos comerciais, templos religiosos, clubes de lazer e quaisquer outros locais de comércio ou serviço, incluindo as atividades essenciais, como farmácias e restaurantes, que podem funcionar apenas por meio de entregas, sendo vedada a presença de clientes nos estabelecimentos.

Também está proibida a realização de feiras livres, de barracas do comércio ambulante, e afins.

O decreto proíbe ainda o uso de quadras esportivas, instalação de brinquedos infantis, a disputa de torneios de baralho, dominó, bingo ou qualquer atividade que gere aglomeração, seja na sede urbana ou na zona rural.

O mesmo se aplica para eventos como cavalgadas e festas juninas, que não podem ser realizadas, nem mesmo na zona rural.

Cerimônias religiosas podem ser realizadas apenas de modo remoto, com a transmissão pela internet.

Além disso, o decreto proíbe a venda de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes ou supermercados, não sendo permitida nem a entrega por delivery.

Já os postos de saúde, hospitais e serviço de limpeza urbana seguem funcionando.

Para conferir o decreto na íntegra, clique aqui.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui