Secretaria de Saúde de Itamarandiba, divulgou dados que apontam aumento de 122% nos casos de sífilis no município

0
Foto: Divulgação

Via Itamarandiba Hoje 

A Secretaria de Saúde de Itamarandiba, por intermédio da Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT), divulgou, na primeira quinzena de agosto, Boletim Epidemiológico com dados que apontam aumento de 122% nos casos de sífilis no município; período de um ano.

O documento mostra que no ano de 2020 foram registrados 28 casos de sífilis [19 adquiridas, 06 em gestantes e 03 congênitas (transmitida de mãe para filho)]; e somente no primeiro semestre de 2021 os casos já somavam 62; entre sífilis adquirida (52), em gestantes (6) e congênitas (4).

Os números chamam atenção pelo fato de a sífilis ser transmitida por contato sexual, transfusão de sangue ou de mãe para o feto durante a gestação; além do que, ela é uma doença perigosa que, se não tratada adequadamente, pode levar a morte.

De acordo com a coordenadora da VISAT, Juciele Rodrigues, os altos índices das notificações de sífilis adquirida podem estar relacionados a falta de cuidados e principalmente à rejeição ao uso de preservativos, uma vez que pesquisas recentes assinalam que o uso dos preventivos sexuais tem caído ao longo dos anos, especialmente entre jovens. “Os atuais números de infectados em nossa comunidade tem nos assustado! De janeiro a julho deste ano foram registrados 62 casos de sífilis em moradores itamarandibanos. Na forma adquirida, que é contraída a partir de relações sexuais sem proteção, houve um salto de 19 para 52 casos; isso representa um aumento de 175%. Diante de triste constatação é preciso lembrar que essa é uma doença que traz grandes riscos e por isso todo cuidado é pouco.”, comentou Juciele.

O alarmante aumento anual dos casos de sífilis em Itamarandiba tem causado preocupação às autoridades de saúde do município. A Secretaria de Saúde local, inclusive, tem realizado, em parceria com servidores da pasta, ações que visam a conscientização e prevenção da doença. Nesse contexto, por exemplo, está agendada para acontecer amanhã, sexta-feira (20/08), em dois pontos do bairro São Geraldo, campanha educativa sobre o tema sífilis. Na ocasião serão disponibilizados, de maneira totalmente sigilosa e sem dor, testes para detecção da doença. “Estamos nos mobilizando e realizaremos algumas ações junto aos moradores do bairro São Geraldo. Das 07 às 12 horas nossa equipe estará de prontidão na Rua Carbonita próximo à Praça do Juvenal; e das 14 às 17 horas na Praça do Sr. Manoel. Além de palestras e informações, iremos disponibilizar testes de sífilis, de glicemia e aferição de pressão arterial. Estão todos convidados a participar!”, diz a coordenadora da VISAT, Juciele Rodrigues.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui