Outubro é o mais chuvoso dos últimos 11 anos em Belo Horizonte, diz Inmet

0
A Rua Dom Joaquim Silvério, no bairro Coração Eucarístico, ficou alagada na última segunda-feira (18) — Foto: Reprodução/TV Globo

 

Via G1 Minas Gerais 

Faltam 11 dias para o mês acabar e este já é o outubro mais chuvoso dos últimos 11 anos em Belo Horizonte. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), até esta terça-feira (19), o acumulado era de 189 milímetros de chuva.

A última vez que a capital mineira teve índices maiores que o atual no décimo mês do ano foi em 2010 – com 216,6 milímetros. Até o momento, de acordo com o Inmet, foram 1.099,9 milímetros neste ano.

Veja a quantidade de chuva do mês de outubro desde 2010:

Dados

  • 2010 – 216,6 mm
  • 2011 – 178,8 mm
  • 2012 – 32,1 mm
  • 2013 – 137,7 mm
  • 2014 – 69,4 mm
  • 2015 – 67,5 mm
  • 2016 – 70,7 mm
  • 2017 – 148,2 mm
  • 2018 – 187,1 mm
  • 2019 – 71,1 mm
  • 2020 – 123 mm
  • 2021 – 189 mm até o dia 19

    Veja a diferença do volume de chuva do mês de outubro de 2020 para 2021, de acordo com a Defesa Civil de BH:

    Acumulado de chuva até as 6h do dia 20/10/2021, por regionais de BH

    • Barreiro: 220,8 mm (210,9%)
    • Centro-Sul: 198,2 mm (189,3%)
    • Leste: 247,8 mm (236,7%)
    • Nordeste: 200 mm (191%)
    • Noroeste: 242,8 mm (231,9%)
    • Norte: 156,6 mm (149,6%)
    • Oeste: 223,4 mm (213,4%)
    • Pampulha: 227 mm (216,8%)
    • Venda Nova: 169 mm (161,4%)

    Acumulado de chuva até o dia 20/10/2020, por regionais de BH

    • Barreiro: 39 mm (37,2%)
    • Centro-Sul: 43,8 mm (41,8%)
    • Leste: 45,2 mm (43,2%)
    • Nordeste: 47 mm (44,9%)
    • Noroeste: 43 mm (41,1%)
    • Norte: 44,8 mm (42,8%)
    • Oeste: 41,8 mm (39,9%)
    • Pampulha: 43,8 mm (41,8%)
    • Venda Nova: 38,3 mm (36,6%)

     

    Chuva forte

    A chuva forte que causou vários pontos de alagamento em Belo Horizonte e deixou moradores desabrigados em Ouro Preto nesta segunda-feira (18) deve continuar até esta quarta-feira (20), segundo o Inmet.

    De acordo com o meteorologista Claudemir de Azevedo, as pancadas devem ocorrer no fim da tarde – a partir das 17h – e se estender até a noite.

    Segundo o especialista, uma frente fria posicionada no Oceano Atlântico sobre os litorais fluminense e capixaba induz a instabilidade em regiões de Minas Gerais, ocasionando chuva forte.

    Azevedo fala que o mês de outubro é normalmente o início do período chuvoso, e que a intensidade das precipitações diminui a partir desta quinta-feira (21).

    Em Minas Gerais, há previsão de chuva forte nas regiões Leste, Norte, Central e Zona da Mata nesta quarta.

    Risco geológico

    BH está em risco geológico por causa da chuva (imagem ilustrativa) — Foto: Reprodução/TV Globo

    A Defesa Civil de Belo Horizonte emitiu alerta de risco geológico na capital, válido até esta quarta (20), devido às chuvas das últimas 24 horas e à tendência de novas precipitações.

    O risco geológico é considerado alto nas regionais Pampulha, Norte, Nordeste, Noroeste, Leste, Oeste, Centro-Sul e Barreiro, e moderado em Venda Nova.

    A Defesa Civil recomenda atenção no grau de saturação do solo e nos sinais construtivos.

    Ocorrências em Minas

    Entre as 6h de segunda-feira (18) e as 6h desta terça-feira (19), o Corpo de Bombeiros atendeu pelo menos 57 chamadas relacionadas à chuva em todo o estado.

    A corporação atuou em ocorrências como risco de alagamentos, enxurradas e deslizamentos, queda de árvores e salvamento de pessoas ilhadas.

    No período chuvoso 2021/ 2022, uma morte foi registrada, em 1º de outubro, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, segundo balanço da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.

    Duas pessoas ficaram feridas, em Ribeirão das Neves, e oito ficaram desabrigadas em Betim, na Grande BH.

    Em todo estado, a chuva já deixou 346 pessoas desalojadas.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui