Casamento às Cegas: Ana Prado fala sobre o reality e truques de beleza

0

A cena emblemática de uma noiva cruzando as portas da igreja de vestido branco — desacompanhada — ilustrou vários teasers do reality show Casamento às Cegas.  Protagonista do registro, a participante Ana Carolina Prado, 29, defende a máxima de que “o final feliz também pode ser seguir a caminhada sozinha”. O que seria motivo de vergonha para muitas mulheres, para ela, virou sinônimo de liberdade.

A cena fez parte da primeira edição brasileira do programa da Netflix, que foi lançado em outubro. A produção funciona como um “experimento amoroso”. Os participantes se conhecem por cabines e criam vínculos apenas pela voz, sem nunca terem se conhecido pessoalmente. Depois do “match”, os casais partem para a vida real até chegar ao altar, onde dizem sim, ou não, para o casamento.


0

Uma das primeiras participantes a serem apresentadas no reality, Ana Prado se envolveu com o iraniano Shayan Haghbinghomi, mas o relacionamento chegou ao fim com os dias de convivência. Como fio condutor em toda sua participação, a catarinense defendeu abertamente pautas feministas e questionou estigmas sociais relacionados à maternidade.

Na visão dela, ainda existe uma crença de que as mulheres “precisam de um homem para validar a própria felicidade, ou suas capacidades”. Colocar esses assuntos em pauta é fundamental para garantir que elas se tornem protagonistas das próprias jornadas.

“A gente tem que falar mais sobre isso, porque senão vamos nos manter reféns de relações não saudáveis, de relações que diminuem a nossa existência. Quanto de nós deixamos de lado? As nossas vontades, os nossos objetivos, tudo por causa dessas relações”, contou, em entrevista exclusiva ao Metrópoles.

Questão de autocuidado

Logo nos primeiros encontros do programa, Ana riscou da lista um dos candidatos por conta de um comentário em relação ao trabalho dela como modelo. Quando o assunto é beleza, a catarinense defende que seu principal truque é manter a saúde mental em dia, como principal forma de autocuidado.

“O meu truque principal é cuidar da minha cabeça, da minha mente e do psicológico. Quando a gente fala da estética, a gente não pensa em saúde mental. Mas, a verdade é que a ‘carcaça’ aqui é totalmente irrelevante. Isso aqui envelhece, vira uma uvinha passa. A verdadeira beleza, o verdadeiro amor próprio, é cuidar da sua saúde mental, da sua essência”, comenta.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por CASAMENTO ÀS CEGAS•ANA PRADO (@anapradomuack)

Assim como na vida, Ana não gosta de seguir regras quando o assunto é a própria rotina de beauté. Na hora de escolher a maquiagem, liberdade é palavra de ordem. “Não se leve tão a sério no momento em que você for se olhar no espelho e se maquiar. Se divirta. Senão, qual o propósito?” Questiona.

Entre os produtos queridinhos, ela lista o filtro solar — por questão de saúde. Na hora de montar a maquiagem, a escolha varia com o “mood” do momento.

“Tem dias que eu gosto de passar um batom vermelho, ou fazer uma pele mais elaborada. Eu diria que o que não pode faltar é: filtro solar, corretivo, batom — que eu possa usar como blush —, botar uma corzinha na boca. Eu sou prática mas, às vezes, elaboro um pouco mais”.

Confira a entrevista completa e todos os truques de beleza de Ana Prado no vídeo:

Quer ficar por dentro das novidades de astrologia, moda, beleza, bem-estar e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesastrologia.

O post Casamento às Cegas: Ana Prado fala sobre o reality e truques de beleza apareceu primeiro em Metrópoles.