Cidades do Sul de Minas suspendem aulas presenciais após casos suspeitos de Covid-19

0
Em São Lourenço as atividades presenciais de três escolas foram suspensas por tempo indeterminado, enquanto em Poços de Caldas as aulas foram canceladas por 14 dias

Via G1 Sul Minas 

Alunos de duas cidades do Sul de Minas tiveram que retornar para o ensino remoto nesta semana após o registro de casos de Covid-19. Em São Lourenço, três escolas registraram casos entre os alunos e corpo discente. Já em Poços de Caldas, dois funcionários de uma unidade estão com suspeita.

Poços de Caldas

Em nota divulgada na tarde desta terça-feira (9), a Prefeitura Municipal de Poços de Caldas anunciou a suspensão das aulas presenciais na Escola Padrão Parque das Nações por 14 dias.

A ação foi tomada após dois funcionários do local, que trabalham em turnos diferentes, apresentarem suspeita para Covid-19. Segundo a nota da Prefeitura, as aulas estarão suspensas no local até o dia 24 de novembro. “Até lá continuaremos nossas atividades de forma remota, como nos meses anteriores”, afirmou.

São Lourenço

Já em São Lourenço, a Escola Estadual Eurípedes Prazeres, em funcionamento no bairro Vila Carneiro, também suspendeu todas as atividades presenciais na tarde desta terça-feira (9). Ao todo, 11 casos suspeitos de covid-19 foram registrados no local, tanto no quadro funcional quanto no corpo discente.

Segundo a diretora e professora Thais Diniz Romão, um auxiliar de serviços de educação básica e outros dez estudantes receberam orientações para ficarem isolados em casa e entregarem à escola o teste sorológico que confirme o estado de saúde de cada um. “Se o resultado de todos for negativo, retomamos as atividades presenciais o quanto antes”, afirmou a diretora.

As atividades presenciais da Escola Estadual Eurípedes prazeres foram retomadas de forma integral e obrigatória na última quarta-feira, 3 de novembro. Já os casos suspeitos foram notificados nesta segunda-feira (8), menos de uma semana depois.

Com a nova suspensão integral das atividades presenciais, professores e estudantes voltam para o sistema remoto de aulas do estado, o Conexão Escola.

Os casos suspeitos foram identificados nas seguintes turmas:

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui