Após briga com Doria, Mário Frias libera R$ 4 mi ao Museu do Ipiranga

0

Após a briga com o governador João Doria (PSDB) pela “paternidade” das obras de restauração do Museu do Ipiranga, em São Paulo, a Secretaria Especial de Cultura do governo federal, comandada por Mário Frias, liberou mais recursos para a obra nesta semana.

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (13/1) a autorização da Secretaria Nacional de Fomento à Cultura para que a Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo, responsável pelo projeto, capte mais R$ 4.380.497,40 pela Lei Rouanet.

O valor será utilizado na obra de ampliação do edifício-sede museu, oficialmente chamado de Museu Paulista da Universidade de São Paulo. Ao todo, já foram liberados, até agora, R$ 54.790.357,85 via Lei Rouanet somente para a construção do anexo ao museu.

Em setembro, Mário Frias brigou publicamente com Doria. O tucano trocou ataques com o secretário do governo de Jair Bolsonaro. A discussão girou entorno do financiamento da obra.

Em uma série de publicações nas redes sociais, Frias defendeu que a reforma do museu foi custeada com recursos do governo federal. Doria contra-atacou: disse que há recursos estaduais em diversas fases do projeto e que liderou a campanha de captação de recursos para a obra, incluindo aqueles não incentivados pela Rouanet.

Segundo a página de transparência das obras, estão sendo executados quatro projetos de restauração do Museu do Ipiranga financiados pela Lei Rouanet. Entre eles, a restauração do prédio principal e a construção do anexo.

O post Após briga com Doria, Mário Frias libera R$ 4 mi ao Museu do Ipiranga apareceu primeiro em Metrópoles.